Brusque deve receber quatro profissionais inscritos no programa Mais Médicos

Médicos homologaram a inscrição no sábado, 3 de agosto, e devem começar a atuar em setembro

Brusque deve receber quatro profissionais inscritos no programa Mais Médicos

Médicos homologaram a inscrição no sábado, 3 de agosto, e devem começar a atuar em setembro

Quatro médicos formados em universidades brasileiras homologaram inscrição no programa Mais Médicos para atuar nos postos de saúde de Brusque. No sábado, 3 de agosto, encerrou o último prazo que os médicos tinham para fazer a escolha da cidade que pretendem trabalhar.

O ministério da Saúde selecionou 28 cidades de Santa Catarina para participar da primeira fase do projeto. Dessas, apenas Florianópolis, Itajaí e Brusque receberão mais de um médico pelo programa.

Para a secretária de Saúde de Brusque, Cida Belli, os novos profissionais vão ajudar a solucionar o problema da falta de médicos no município. “Com certeza, eles vem para colaborar. A nossa dificuldade será manter eles na cidade nesses três anos. Mas esse programa é uma boa alternativa para começar a solucionar esse problema”, destaca.

Os médicos selecionados pelo programa devem começar a atuar em setembro, porém, a secretária ressalta que a homologação das inscrições dos quatro médicos não garantem o município recebe os quatro profissionais. “Não sabemos se realmente eles virão. Um já está garantido, ele já veio, vamos fazer um contrato temporário de um mês e depois ele assume pelo Mais Médicos. O outro que homologou é de Brusque, mas não deu sinal porque ele quer trabalhar 20 horas, e os outros dois ainda não entraram em contato com a secretaria”, diz.

No Brasil todo, 1.753 médicos foram direcionados a 626 municípios. Em Santa Catarina, os 174 municípios do estado que aderiram ao programa solicitaram 503 vagas. Nesta etapa apenas 46 deverão ser preenchidas nas 28 cidades selecionadas.

Os médicos do programa receberão bolsa federal de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, mais ajuda de custo, e farão especialização em Atenção Básica durante os três anos do programa.



Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio