Brusque enfrenta o Criciúma em partida importante para subir no Catarinense

Técnico Pingo tem dúvida na lateral-esquerda para a partida no Sul do estado

Brusque enfrenta o Criciúma em partida importante para subir no Catarinense

Técnico Pingo tem dúvida na lateral-esquerda para a partida no Sul do estado

O Bruscão poderá contar com time quase completo para o jogo desta sexta-feira, 16, diante do Criciúma. Apenas o lateral-esquerdo Ronaell não poderá jogar. Ele sofreu uma contusão na perna e está em recuperação.

A partida é válida pela 14ª rodada do Campeonato Catarinense. Os times se enfrentam a partir das 19h15, no estádio Heriberto Hülse, num jogo de “seis pontos”, como se diz no jargão boleiro.

Na véspera da partida, o Brusque treinou no estádio Orlando Westarb, pertencente ao Olaria, do bairro Guabiruba Sul. A única baixa foi de Ronaell, que ficou à margem do gramado. Os demais foram para o campo e participaram de um rachão, no qual o técnico Pingo também atuou.

“O Ronaell teve uma pancada muito forte, dificilmente vai poder jogar, até porque é recente. Tivemos a boa notícia do retorno do Carlos Alberto e do Jean Dias, que saíram contundidos do jogo. O Rafinha também retorna, que é um jogador importante”, diz o treinador.

São opções para substituir Ronaell: a entrada de Carlos Alberto, ou a entrada de Cleyton na zaga e o deslocamento de Neguete para a lateral-esquerda.

Tabela
Em termos de classificação, o jogo contra o Tigre é fundamental para o Bruscão. Somente três pontos separam o time do Sul do estado e o Brusque. Portanto, em caso de derrota o quadricolor será alcançado e poderá perder a sexta colocação.

O técnico Pingo admite que o confronto é primordial para que o Brusque tenha condições de buscar uma posição no topo da tábua de classificação. “É um adversário forte e um jogo difícil para as nossas pretensões de buscarmos alguma coisa lá na frente, terceiro ou quarto lugar. Para conseguirmos, há uma necessidade muito grande do resultado positivo”.

Faltam cinco jogos para a final do Catarinense de 2018. São três em casa e dois fora, contando esse contra o Criciúma. Com a tabela embolada, o quadricolor mira um bom aproveitamento.

“Sempre trabalhamos com metas, esses cinco jogos são importantes para somar pontos e buscar terceiro ou quarto lugar no campeonato”, diz o técnico do Bruscão.

Adversário
O Criciúma vive um dos anos mais nefastos de sua história recente. Com 13 pontos, está na sétima colocação, somente um pontinho acima da zona do rebaixamento.

O Tigre está pressionado e precisa somar pontos para afastar o fantasma da Série B em 2019. Uma vitória em casa é fundamental para mostrar trabalho para a torcida.

O time está sendo reformulado pelo técnico Argel Fucks. Ele trouxe nomes antigos e identificados com o clube, como Zé Carlos. Marlon, lateral-esquerdo, e Fábio Ferreira, zagueiro, foram os últimos a chegar.

O garoto Enzo, de 18 anos, deverá receber uma oportunidade no meio de campo. Zé Carlos deve ocupar uma posição no ataque e incomodar o Bruscão.

“É uma equipe que marca forte, característica do seu treinador. Tem qualidade, toca bem  a bola, sabemos da dificuldade e fizemos os treinamentos específicos para que a gente possa neutralizar as principais jogadas do Criciúma”, avalia Pingo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio