Brusque FC apresenta elenco, com reforços, para a temporada de 2017

Segundo diretoria, mais seis novo atletas devem ser chegar ao município em breve

Brusque FC apresenta elenco, com reforços, para a temporada de 2017

Segundo diretoria, mais seis novo atletas devem ser chegar ao município em breve

O Brusque Futebol Clube apresentou parte do seu elenco oficialmente nesta segunda-feira, 19. São seis novidades, além da base já conhecida do torcedor desde a segunda divisão do Catarinense de 2015.

Neste ano, o clube também abriu espaço para a garotada, com isso, dez atletas das “canchas” foram promovidos ao profissional e farão parte do elenco principal que disputará a temporada de 2017.

O ano que vem promete ser movimentado para o Quadricolor. O clube disputará o Campeonato Catarinense, a Copa do Brasil e o Brasileiro da Série D. Com um calendário cheio, o técnico Mauro Ovelha garimpou o mercado em busca de bons nomes.

Um dos atletas mais conhecidos que vem para reforçar a meia-cancha do Brusque FC é Boquita. Ele já passou pelo Corinthians e seu último clube foi a Portuguesa de Desportos (SP), clube pelo qual foi rebaixado à Série D.

Diogo Roque, também meio de campo, veio do Londrina e jogou o Brasileiro da Série B. Os outros contratados vieram de clubes pequenos de Santa Catarina e do Paraná.

Há, ainda, outros nomes que ainda vão chegar, como os meias Assis, já confirmado, e Pedrinho, que atuava no estado de São Paulo, e o atacante Michel Douglas, que também passou pela Portuguesa. Outros remanescentes se integrarão ao plantel nos próximos dias.

“Tínhamos o planejamento de manter a base, como já vínhamos fazendo desde a segunda divisão, em 2015. E procuramos, dentro daquilo que achamos que está no mercado e tem o nosso perfil, trazer jogadores para nos ajudar em 2017”, afirma Ovelha.

Ainda estão nos planos de Ovelha a contratação de mais um atacante e dois zagueiros para fechar o elenco.

Com um orçamento enxuto, o Brusque tentou se informar bem antes de trazer os atletas de outras equipes. Ovelha diz que há muita procura no mercado do bola no momento, e isso também foi um obstáculo.

Na avaliação de Ovelha, o Quadricolor tem pouca margem de erro para 2017 com um calendário tão cheio, com três competições. A missão dele é conseguir levar o Brusque a ter um ano mais vitorioso do que 2016 – um dos melhores desde a sua fundação.

Ritmo intenso

A programação de treinos do Brusque será intensa. Hoje de manhã, os atletas já vão para o gramado. Os treinos seguem até a sexta-feira, 23, e são retomados no dia 26, na semana que vem.

O elenco treina por mais uma semana e para no dia 30. Em 2 de janeiro, a ideia é que todo o grupo de atletas se apresente, para, então, dar o pontapé inicial de uma vez por todas na preparação para o Catarinense.

Orçamento apertado

O presidente do Brusque, Danilo Rezini, diz que os diretores de futebol buscaram intensamente informações sobre os novos reforços, para evitar erros. Na visão dele, a estratégia dá resultados e minimiza riscos.

O Brusque, tradicionalmente, tem problemas financeiros para a montagem da equipe. E em 2017 não será diferente. Rezini não fala de quanto é a folha salarial do clube, mas admite que não é grande.

“Procuramos fazer dentro do orçamento, apesar de ser baixo diante do tamanho do clube e da qualidade do time. Mas sempre acabamos investindo mais do que captamos, se fizéssemos um time dentro do que captamos, não seria competitivo, seria somente para participar. Isso não queremos, então, somos mais ousados”, afirma o presidente.

Mas ele pondera que a ousadia tem retorno. “A essência do Brusque é o futebol, precisamos ter uma boa equipe e fazer bons campeonatos, consequentemente você tem o apoio da torcida e dos patrocinadores”.

JOGADORES 01

JOGADORES 04

 

JOGADORES 03JOGADORES 02

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio