Brusque fica no empate com Criciúma, mas chega ao G-4 do Campeonato Catarinense

Empate em 0 a 0 deixa o Brusque na quarta posição do estadual

Brusque fica no empate com Criciúma, mas chega ao G-4 do Campeonato Catarinense

Empate em 0 a 0 deixa o Brusque na quarta posição do estadual

Não foi o resultado dos sonhos do torcedor brusquense, mas na tabela o Bruscão aparece pela primeira vez na quarta posição do Campeonato Catarinense. Empatando em 0 a 0 com o Criciúma na noite desta quinta-feira, 21. O time teve boas chances no primeiro tempo, mas não conseguiu construir as jogadas no segundo e os quase dois mil torcedores no Augusto Bauer não viram gols.

Agora o time se concentra para o próximo confronto, contra o Tubarão, fora de casa. Será na próxima segunda-feira.

Em cima do Tigre
A vontade na qual o Brusque começou a partida contra o Criciúma levou a grande torcida presente no estádio Augusto Bauer a fazer uma festa no estádio. A equipe foi superior e teve pelo menos duas boas chances de gol. Para o lado do Criciúma também houve chances de gol, mas a defesa do quadricolor atuou de maneira impecável no primeiro tempo. O time teve mudança, com Isac no lugar de Hélio Paraíba e Airton atuando como um ponta, enquanto Neguete foi o lateral-esquerdo.

Aos 5 minutos, em cobrança de falta, o time levou perigo na jogada ensaiada, mas a cabeçada de Everton Dias foi pra fora. Aos 10 minutos, Isac perdeu gol incrível. Ele foi muito bem lançado pelo lado esquerdo, ganhou na corrida, protegeu com o corto mas, cara a cara com Bruno Grassi, chutou rasteiro e viu o goleiro defender.

Aos 24 minutos, Edilson arriscou. O lateral-direito recebeu a bola na área, cortou e mandou o chute cruzado, pra fora. Jefferson Renan perdeu outro gol aos 29 ao ser lançado por Clebinho, cortar pra dentro e chutar pra fora.

A partir daí o Criciúma teve chances nos contra-ataques. Aos 41 minutos, Daniel Costa pegou bola de frente para o gol, mas mandou pra fora, por cima da meta. Contudo, a defesa arquitetada por Caranhato funcionou bem e neutralizou as jogadas do Tigre.

Desarticulado
Diferente do primeiro tempo, no segundo o Bruscão não conseguiu incomodar a meta do goleiro Bruno Grassi. A defesa tricolor trabalhou melhor, e com isso abafou as jogadas pelos lados e pelo meio. O Criciúma tentou mexer para chegar ao gol, mas também jogou abaixo da expectativa.

Marcelo Caranhato fez apenas uma substituição em toda a partida, de Vicente, que pouco produziu. O técnico surpreendeu, inclusive, ao não colocar Hélio Paraíba, artilheiro do time na temporada, que ficou no banco durante toda a partida. Com as duas equipes jogando um futebol burocrático no segundo tempo, o resultado foi justo.

Ao término da partida, alguns ensaiaram uma vaia, mas logo a maioria aplaudiu e elevou a moral da equipe, agora quarta colocada do estadual.

Ficha técnica

Brusque

Paulo Sérgio
Edilson
Ianson
Cleyton
Neguete
Ruan
Everton Dias
Clebinho
Airton (Vicente)
Jefferson Renan
Isac

Téc. Marcelo Caranhato
Criciúma

Bruno Grassi
Maicon
Sandro
Derlan
Caique
Zé Augusto
Bruno Cosendey (Pedro Bortoluzzo)
Eduardo
Daniel Costa (Marcinho Junior)
Reis
Julimar (Reinaldo)

Téc. Gilson Kleina

Data: 21/03/2019
Hora: 20h
Local: estádio Augusto Bauer, em Brusque
Árbitro: Rafael Traci
Assistentes: Thiago Americano Labes e Luiz Gustavo Ferreira de Souza
Cartões amarelos: BRU – Jefferson Renan; CRI – Maicon
Público: 1.776
Renda: R$ 30.430

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio