Brusque gera 172 empregos formais em janeiro

Setores que mais contrataram foram o da construção civil e da indústria de transformação

Brusque gera 172 empregos formais em janeiro

Setores que mais contrataram foram o da construção civil e da indústria de transformação

No mês de janeiro, foram contratadas 172 pessoas com carteira assinada em Brusque, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego. 

O resultado demonstra uma aceleração na geração de emprego, se comparado com os resultados de dezembro de 2013, quando o município registrou 862 admissões, mas em contrapartida, teve 2.082 demissões, fechando o índice no último mês do ano em negativo.

De acordo com o Caged, no primeiro mês do ano o setor de construção civil foi o que mais gerou emprego com carteira assinada em Brusque: foram 124 contratações somente neste mês. Em segundo lugar, vem o setor de serviços, com 57 admissões, seguido pela indústria de transformação, que empregou 53 pessoas formalmente no mês passado.

O comércio foi o que mais apresentou queda no mês de janeiro. De acordo com o Caged, o setor fechou o mês com mais demissões do que admissões. Foram 599 contratados contra 665 demitidos, o que dá um saldo de -66.

Comparação

Se comparado com janeiro de 2013, o primeiro mês de 2014 também registrou alta. Segundo os dados do Caged, o ano passado começou negativo no setor de empregos em Brusque. O mês teve 2.402 admissões, mas 2.442 demissões no mesmo período, fechando o balanço em -40.

No ano passado, o setor que mais teve crescimento foi o da indústria de transformação (45), seguido pela construção civil (26) e pela administração pública (17).

O comércio e o setor de serviços foram os mais fracos naquele período, demitindo mais do que contratando. 




Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio