Brusque gera novas vagas em novembro e emprego volta ao patamar de 2013

De janeiro a novembro, foram criados 2,7 mil novos postos de trabalho, melhor marca em quatro anos

Brusque gera novas vagas em novembro e emprego volta ao patamar de 2013

De janeiro a novembro, foram criados 2,7 mil novos postos de trabalho, melhor marca em quatro anos

De janeiro a novembro de 2017, empresas do município de Brusque geraram 2.721 novos postos de trabalho, saldo que é resultado do número de contratações (21.208) ser maior que o de demissões (18.487).

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados foram divulgados nesta quarta-feira, 27, pelo Ministério do Trabalho. No mês de novembro, especificamente, foram criadas 94 novas vagas em Brusque, saldo de 1656 admissões e 1562 desligamentos.

O resultado da empregabilidade entre janeiro e novembro é o melhor nos últimos quatro anos.

Em 2016, por exemplo, foram criadas 705 novas vagas no mesmo período. No ano anterior, em 2015, a crise do emprego em Brusque teve seu auge: foram fechados 1374 postos de trabalho.

A cidade está, agora, retomando patamares de criação de emprego pré-crise econômica, de 2013 e 2014.

No ano da última eleição presidencial, por exemplo, o saldo do emprego entre janeiro e novembro foi semelhante ao de 2017: 2.545 novos postos criados. Já 2013 detém a melhor marca para o período: 3.045 novas vagas criadas do 1º ao 11º mês do ano.

Emprego em novembro

1.656
admissões

1.562
desligamentos

94
saldo

Emprego janeiro-novembro

21.208
admissões

18.487
desligamentos

2.721
saldo

FONTE: CAGED/MTE

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio