Brusque perde para o Metropolitano e é eliminado da Copa SC

Edmar marcou o gol da vitória do time de Blumenau aos 25 minutos do segundo tempo

Brusque perde para o Metropolitano e é eliminado da Copa SC

Edmar marcou o gol da vitória do time de Blumenau aos 25 minutos do segundo tempo

A temporada de 2013 acabou mais cedo para o Brusque FC. Nem o fato de precisar apenas de um empate com gols diante do Metropolitano para seguir na Copa SC, foi o suficiente para que o clube não fosse eliminado precocemente da competição. A equipe sucumbiu diante do time de Blumenau e com gol de Edmar, aos 25 minutos do segundo tempo, deu adeus à competição.


O resultado foi um banho de água fria para o quadricolor, que perdeu ainda a oportunidade de brigar por uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série D e na Copa do Brasil de 2014. O time agora só volta a campo oficialmente no dia 26 de janeiro, quando faz a sua estreia no Campeonato Catarinense da Série A. 

A eliminação precoce também traz prejuízos financeiros ao clube, que tem contrato com a maioria dos atletas até o dia 30 de novembro. O Brusque ainda terá que fazer a sua estreia na elite do estadual fora de casa, já que não conseguiu cumprir a perda de cinco mandos de campo imposta pelo TJD/SC.


O jogo
O Brusque precisava apenas de um empate com gols para avançar. Do outro lado, encarava um Metropolitano que poupava seu principais atletas já pensando na fase final. A expectativa era de que o Marreco partisse para cima para tentar o gol salvador. Mas não foi essa a previsão que se confirmou. Sonolento, o time brusquense pouco produziu, em uma partida marcada pelo baixo nível técnico das duas equipes. 

O Metropolitano começou com as melhores chances. Aos 14, Uéderson cobrou falta, a bola fez uma curva e assustou Fabão. Pouco depois, o jogador ia receber livre na pequena área, mas Fabão se antecipou e João Paulo afastou para escanteio.

O Brusque só chegou com perigo aos 23 minutos. Eydison recebeu lançamento dentro da área e tirou de cabeça do goleiro Lucas, mas Juninho apareceu e evitou o gol do Marreco. Aos 43, novamente o atacante teve a chance de marcar, mas perdeu uma boa oportunidade na entrada da pequena área ao chutar por cima da meta de Lucas.

Etapa final
Os times voltaram para a segunda etapa sem alterações. O jogo também seguiu o ritmo do primeiro tempo. O Brusque continuou tímido nas jogadas ofensivas e o Metropolitano pouco ousava no ataque. Apesar disso, foram da equipe de Blumenau as melhores oportunidades no reinício de jogo. O time teve duas boas chances com Edmar.

Aos quatro, ele avançou com perigo e chutou por cima da meta de Fabão. Cinco minutos depois, obrigou o goleiro do Brusque a fazer boa defesa.  De tanto insistir, aos 25, ele mandou para o fundo do gol. Em cruzamento na área, Fabão saiu mal e a zaga do Brusque só ficou olhando o jogador completar para as redes.

Nem o gol adversário fez com que o Marreco saísse em busca do resultado. A apatia do clube era tanta que o goleiro Lucas se tornou um mero espectador do jogo. Por outro lado, o Metrô trocava passes sem objetividade para cozinhar a partida. Rogério Perrô apostou em Tunico para buscar o gol que garantiria a classificação.

E foi dos pés do atacante que o Brusque perdeu a bola do jogo aos 37 minutos. Santos cobrou falta, o goleiro Lucas rebateu em cima do jogador, que, de cabeça, mandou por cima a última esperança de empate. Renan ainda entrou no lugar de João Paulo, mas também pouco produziu nos minutos finais. 

Com a vitória, o time de Blumenau chegou aos dez pontos no grupo B e pega agora o Atlético Tubarão na próxima rodada. O Juventus, com quatro, encara o Canoinhas, líder da chave A. O Brusque terminou sua participação com três, na lanterna do grupo.

Acompanhe na edição impressa do MDD desta quarta-feira (6) a repercussão completa da eliminação quadricolor.

Ficha técnica – Copa SC – 3ª rodada – returno
Brusque 0x1 Metropolitano
Data: 5/11 (terça-feira)
Hora: 16h
Local: Estádio do Sesi, em Blumenau
Árbitro: Leandro Messina Perrone, auxiliado por Éder Alexandre e Eli Alves
Metropolitano: Lucas; Paulinho, Bruno, Junior Fell e Juninho; David, Jackson, José Lucas;  Edmar (Catatau) e Tony; Uérderson (Juliano Mineiro). Técnico: Abel Ribeiro
Brusque: Fabão; João Paulo (Renan), Cleyton, Leandro Mancha e Flavinho; Luís André (Tunico), Fabinho, Eurico e Junaí (Jonathan); Eydison e Santos. Técnico: Rogério Perrô
Gol: Edmar, aos 25 do segundo tempo para o Metropolitano
Amarelo: Eurico, Junai, Leandro Mancha (B); Uéderson, Paulinho,  Junior Fell (M)
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio