Brusque perde para São José, sai sob vaias mas classifica para segunda fase da Série D

Time jogou melhor até sofrer o gol em contra-ataque; próximo adversário no mata-mata será o Tubarão

Brusque perde para São José, sai sob vaias mas classifica para segunda fase da Série D

Time jogou melhor até sofrer o gol em contra-ataque; próximo adversário no mata-mata será o Tubarão

Foi sob vaias da grande maioria dos torcedores presentes que o Brusque encerrou sua participação na primeira fase do Brasileirão Série D. O time jogou bem até sofrer o gol da derrota do São José, no segundo tempo, se desestabilizando – Edilson, lateral-direito, chegou a ser expulso. O confronto foi realizado na noite deste domingo, 27, no estádio Augusto Bauer.

Agora o Brusque enfrenta o Tubarão na segunda fase, o mata-mata. O clube nunca passou desta etapa, e tentará pela primeira vez encarando o time do Sul do Estado. A primeira partida será no estádio Augusto Bauer, no domingo, dia 3. O jogo decisivo será em Tubarão.

Não quis entrar
O Bruscão mandou na partida no primeiro tempo. Contudo, enfrentou um adversário que não em vão era o líder do grupo. O São José mostrou grande postura tática em sua defesa. Era difícil passar pelos homens de trás do Zequinha, uma linha formada por quatro jogadores e mais o volante Ben Hur atuando muito recuado. Mesmo assim, o time da casa conseguiu .

A primeira boa finalização foi do zagueiro Neguete. Na cobrança de escanteio, ele acertou uma bela cabeçada em direção ao gol, mas Fábio aplicou grande defesa que fez a torcida local engolir o grito. A notícia ruim veio aos 14 minutos. Um dos principais nomes deste elenco, o atacante Lima sentiu dores na panturrilha e pediu substituição. Weverton entrou em seu lugar.

Aos 29, Zé Mateus perdeu a melhor oportunidade. O goleiro estava vendido, a bola sobrou em seu pé e ele tentou um chute em curva, mandando pra fora. Júlio Cézar foi exigido cerca de dez minutos depois: na cobrança de falta direta de Marcel, o goleiro pulou bonito para espalmar.

Já aos 36, foi a vez de Fábio brilhar. Eurico conseguiu um chute fulminante de primeira na área que o arqueiro defendeu de maneira espetacular. As chances do Bruscão encerraram aos 44, com uma cabeçada de Neguete à queima-roupa na cobrança de escanteio, que bateu no chão e saiu pra fora arrancando suspiros no Augusto Bauer.

Gol e descontrole
Bastou um gol adversário para que o Bruscão murchasse. Em um contra-ataque fulminante, a bola chegou na esquerda e foi cruzada, Anderson dominou livre na área e conseguiu a finalização, um chute seco à direita de Júlio Cézar.

Mesmo assim o time ainda tentava. Tiago Pará obrigou Fábio a fazer grande defesa em chute na área. A partir daí falou mais alto a superioridade técnica do Zequinha. Com categoria, o adversário foi segurando bola lá na frente. Para facilitar tudo aos adversários, Edilson fez sua segunda falta pesada e recebeu novo cartão amarelo, sendo expulso.

Aí o time adversário só segurou o placar até o fim. No apito final do árbitro, sobraram vaias e cobranças de raça por parte da torcida.

Ficha técnica

Brusque
Julio Cézar
Edilson
Hyago
Neguete
China
Eurico
Zé Mateus (Carlos Alberto)
Adãozinho
Eliomar (Jean Dias)
Tiago Pará
Lima (Weverton)

Téc. Pingo

São José

Fabio
Marcel
Rafael
Bruno Jesus
Marcelo (Marcio Lima)
Ben Hur
Matheuzinho
Fabiano
Clayton (Kelvin)
Anderson (Karl)
Igor Nobre

Data: 27/5/2018
Local: Augusto Bauer, em Brusque
Hora: 18h
Árbitro: Adriano Barros Carneiro (CE)
Auxiliares:  Anderson Moreira de Farias (CE) e Samuel Oliveira Costa (CE)
Gols: SJO – Anderson (24 min, 2º T)
Cartões amarelos: BRU – Edilson, Eurico e Tiago Pará; SJO – Karl, Bruno Jesus
Cartões vermelhos: BRU – Edilson
Amarelos: Karl
Público: 492
Renda: R$ 10.420

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio