Brusque perde para Tubarão e tem invencibilidade derrubada na Copa SC

Time, contudo, permanece na liderança com 12 pontos; próxima partida será em São João Batista

Brusque perde para Tubarão e tem invencibilidade derrubada na Copa SC

Time, contudo, permanece na liderança com 12 pontos; próxima partida será em São João Batista

Em um jogo difícil, com o time cheio de desfalques, o Bruscão perdeu sua primeira partida na Copa Santa Catarina. A derrota por 1 a 0 foi contra o Tubarão, fora de casa, na noite desta sexta-feira, 5. Com gol único de Assis, ex-Brusque, o tricolor acumulou mais três pontos e manteve a vice-liderança. Já o quadricolor, mesmo com a derrota, ainda é líder.

A equipe jogou bem, principalmente no segundo tempo, mas penou com a falta de qualidade no ataque. Agora, o Bruscão se prepara para o próximo jogo, quarta-feira, 10, às 20h. A partida será em São João Batista, marcando a estreia na casa temporária do time, o Estádio Municipal Valério Gomes.

Tempo de um time só
O Brusque chegou atrasado no estádio e teve cerca de 20 minutos para aquecer. Para que se tenha uma ideia, os hinos foram executados só com a presença do trio de arbitragem e do Tubarão. Isso simbolizou o primeiro tempo do time: era como se ainda nem estivesse entrado em campo.

Faltou concentração e falhas individuais geraram oportunidades excelentes aos adversários, que ao menos uma vez aproveitaram para colocar a bola para o gol. Ao quadricolor, não sobrou ataque. No primeiro tempo, o time não foi nem sobra daquilo que havia apresentado até então na Copa Santa Catarina.

Com apenas nove minutos de jogo, o Peixe já havia realizado grandes jogadas de ataque, incluindo uma bola na trave. Matheus, que estreou improvisado na lateral-esquerda no lugar do lesionado China, perdeu a bola e gerou um contra-ataque que fez com que Edno chutasse a bola no poste.

Demorou, mas a bola enfim acessou as redes do Bruscão – com direito a lei do ex -, que só se defendia e não conseguia criar. Zé Mateus errou o passe, a bola parou no pé de Assis que limpou, escolheu o canto e bateu bonito, marcando um golaço.

Melhorou, mas foi tarde
No segundo tempo, praticamente só deu Brusque. O Tubarão se recolheu de tal forma que apenas nos contra-ataques conseguia algum tipo de jogada lá na frente. O problema é que o ataque quadricolor não funcionou. Weverton pouco conseguiu tocar na bola, ainda mais com a competência da defesa adversária.

Pingo foi responsável pela boa movimentação da equipe e melhora na segunda etapa. Ele apostou na saída de um volante, Luiz Beltrame, a entrada de um atacante, Thiago Pará. Passou a atuar com três atacantes e três homens de meio-campo. Thiago colocou velocidade e qualidade, sendo responsável por infernizar a defesa adversária.

A melhor chance do Brusque veio aos 16 minutos. Foi na bola parada que o time conseguiu uma oportunidade excelente, parada somente pela boa atuação do goleiro Renan. Zé Mateus cobrou falta com estilo, uma pancada, e o goleirão adversário conseguiu a defesa e a proteção da meta.

Aos 47 do segundo tempo, Thiago Pará entraria cara a cara com o goleiro Renan, mas o zagueiro Jorge Miguel fez falta feia, sendo expulso. Na sequência, o time não teve mais tempo para reagir, e a partida ficou mesmo no 1 a 0 e vitória do tricolor.

Tubarão 1×0 Brusque
Sexta-feira, 5 de outubro de 2018
Estádio Domingos Silveira Gonzales, Tubarão
5ª rodada do Grupo B – Copa Santa Catarina

Tubarão: Ramon; Grafite, Jailton, Jorge Miguel, Jean (Canavésio 33′-2ºt); Daniel Pereira, Gabriel Carioca, Rodrigo Celeste, Edno, Assis (Everton Júnior 21′-2ºt); Fio (Vinícius Baiano 31′-2ºt).
Técnico: China Balbino

Brusque: Dida; Edilson, Ianson, Cleyton, Matheus (Carlos Alberto 24′-2ºt); Zé Mateus, Mineiro (Ruan 38′-2ºt), Luiz Beltrame (Tiago Pará-int), Safira; Jefferson Renan e Weverton.
Técnico: Pingo

Gol: Assis (35′-1ºt)

Cartões amarelos: Rodrigo Celeste (7′-1ºt), Daniel Pereira (10′-2ºt), Jorge Miguel (31′-2ºt), Jean (33′-2ºt), Safira (13′-1ºt), Jefferson Renan (31′-2ºt).

Trio de arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Elen Carolin Portal Sieglitz e Maicon Lemos Alves.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio