Conteúdo exclusivo para assinantes
Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

Brusque tem a faca e o queijo na mão para a Copa Santa Catarina

Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

Brusque tem a faca e o queijo na mão para a Copa Santa Catarina

Brusque com a faca e o queijo na mão FOTO: CARLOS RENAUX Diretores, funcionários e pessoas ligadas ao clube realizaram um encontro para celebrar os 104 anos do Carlos Renaux Divulgação FOTO: MEMÓRIA DO ESPORTE Pedro Zucco Neto

Prancheta - Cristóvão Vieira

Pela primeira vez em muitos anos, o Brusque entra em uma competição entre os favoritos ao título. O elenco, que já se conhece há pelo menos quatro meses – alguns já estão entrosados com o clube desde 2015 – completará um período de mais de cinco semanas treinando.

O trabalho, realizado com o muito elogiado preparador físico, Alexandre Andreis, e a aposta do comando técnico, Jersinho, é intenso e envolve em quase todos os dias da semana treinamentos pela manhã e pela tarde, e estamos falando de seis dias seguidos, com folga apenas aos domingos. Ou seja, entrosamento e preparo físico devem estar em dia para a estreia em Lages, no dia 8 de outubro.

Observando os três únicos adversários do quadricolor, não há um bicho de sete cabeças. Mesmo o Joinville, que pode assustar pela sua tradição na Copa e no cenário estadual do futebol como um todo, vive uma fase tenebrosa. Dívidas acumuladas com atletas e comissão técnica, jogador reclamando publicamente do clube e a dispensa de 15 atletas fazem do Coelho um adversário como qualquer outro – pra não dizer abaixo da média.

A maior pedra no sapato do quadricolor será o Tubarão, que se apresentou há mais tempo e já realizou até jogos-treino. Mas a tradição e a força da torcida pode fazer a diferença à favor do Brusque. O Inter de Lages deverá ser o oponente mais fraco, pela falta de organização e a demora na apresentação de seu elenco.
O Brusque tem a faca e o queijo na mão para conquistar o tetra da Copinha e a vaga na Copa do Brasil. Mas, para isso, é preciso que o elenco transforme esse favoritismo em vitórias quando a bola rolar. E que venha 8 de outubro!

Vovô de aniversário

Diretores, funcionários e pessoas ligadas ao clube realizaram um encontro para celebrar os 104 anos do Carlos Renaux. Foto: Divulgação

Na última semana, o Clube Atlético Carlos Renaux esteve de aniversário. Primeiro time profissional de futebol da história do estado, o Vovô do Futebol Catarinense completou 104 anos. Membros da diretoria e outras pessoas ligadas ao clube celebraram sua história com um encontro no dia 14 de setembro. Além do aniversário, o grupo comemorou o sucesso do projeto das escolinhas e o iminente retorno do tricolor ao futebol profissional em 2018.

Bruscão tem jogo-treino
No dia 26 de setembro, próxima terça-feira, o Brusque fará seu primeiro jogo-treino antes da Copa Santa Catarina. O elenco quadricolor entra em campo contra o Avaí em Florianópolis, a partir das 15h. A direção de futebol do clube quer confirmar ainda, nos próximos dias, mais um jogo-treino com um adversário de peso visando a copinha.

Balanço dos Jasc
Das três modalidades que participaram de fase seletiva para os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) na última semana, apenas uma conseguiu classificação para disputar a próxima etapa em Lages. Brusque terá importante representação no voleibol feminino, com a presença de atletas da base da Abel. O bolão 23 e a bocha feminina não avançaram para a etapa estadual.

Basquete vai bem no estadual
Muito importante a classificação da AD Brusque para a próxima etapa do estadual, jogando bem e com propriedade. Isso dá moral ao time que passa por reestruturação e visa o bicampeonato estadual consecutivo. O time também tem vaga garantida na etapa estadual dos Jasc, por ser o atual campeão.

Botuverá: centro das atenções no downhill

Foto: Pedro Zucco Neto

Em 2007, Botuverá virou palco de uma das mais radicais ramificações do ciclismo. O downhill, descida da ladeira que premia os mais velozes, foi praticado por cerca de 150 pilotos no Morro do Macaco. O município sediou o estadual e o Sul-Brasileiro da modalidade. Hoje, dez anos depois, a região ainda conta com representações no downhill e a localização ainda serve de treinos para os pilotos locais.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio