Brusque tem primeiro caso confirmado de gripe H1N1 em 2016

Vigilância Epidemiológica também monitora duas mulheres com suspeita de terem o vírus influenza A

Brusque tem primeiro caso confirmado de gripe H1N1 em 2016

Vigilância Epidemiológica também monitora duas mulheres com suspeita de terem o vírus influenza A

A Vigilância Epidemiológica de Brusque confirma o primeiro caso de gripe A no município em 2016. De acordo com o órgão, o paciente já passou por exames, que comprovaram a doença, e está internado no Hospital Azambuja.

Além disso, a Vigilância também informa que existem outros dois casos suspeitos. São duas mulheres, com 42 e 60 anos, que estão internadas no Hospital Azambuja e no Hospital e Maternidade de Brusque (HEM).

Ainda segundo a Vigilância Epidemiológica, uma das mulheres internadas com suspeita de ter a gripe A é proveniente de Blumenau. A cidade vizinha registrou duas mortes por causa da doença nesta semana e está em estado de alerta.

A campanha de vacinação em Brusque que estava prevista para acontecer entre 7 e 27 de maio foi antecipada para o dia 25 de abril e vai até 20 de maio. A imunização é a forma mais eficiente de prevenção, mas outros cuidados também são importantes:


Dicas de prevenção

• Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento.
• Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.
• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.
• Higienizar as mãos após tossir ou espirrar.
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
• Manter os ambientes bem ventilados.
• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas
de influenza.
• Evitar sair de casa em período de transmissão da doença.
• Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes
ventilados).
• Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.
• Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio