Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

Brusque tem uma vitória com a participação de todos

Coluna comenta a terceira rodada do Brasileirão Série D e o fraco público no Augusto Bauer

Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

Brusque tem uma vitória com a participação de todos

FOTO: BRUSCAO PRANCHETA Média de público até agora no Gigantinho é pífia, com cerca de 650 pessoas Márcio Costódio Foto: MEMÓRIA DO ESPORTE Marquinhos Sassi / Arquivo Pessoal

Prancheta - Cristóvão Vieira

Demorou três rodadas, mas finalmente a máquina do Bruscão está com todas as suas engrenagens em pleno funcionamento. Na vitória contra o XV de Piracicaba, brilharam algumas estrelas individuais, como Dida e Wilson Junior. Já contra o São Paulo, todos os setores mostraram qualidade.

O goleiro Dida, aliás, pouco suou a camisa na partida. Antes de a bola chegar nele, os volantes Eurico e Valkenedy já barravam a chegada adversária. Quando passava, Neguete e Lucas Costa faziam bom trabalho para abafar os atacantes do Leão e tomar a bola, sempre com saída de bola de bom nível.

As laterais foram o destaque positivo do quadricolor. João Carlos e Ronaell fizeram trabalho impecável, cuidando dos flancos no ataque adversário e auxiliando o ataque da melhor forma possível. O primeiro gol teve participação ativa de Carlos Alberto, João Carlos e Max. O segundo, contou com Max, Ronaell e Careca. O terceiro começou novamente com Max, passando por Careca e terminando no gol de Ronaell.

É importante que os atletas do clube estejam tão inspirados, porque domingo haverá grande desafio em busca da classificação. Ninguém venceu fora de casa, e o próximo desafio será novamente contra o São Paulo (RS). Qualquer ponto arrancado em território inimigo coloca o Bruscão em grandes condições. Que as engrenagens voltem a funcionar e a locomotiva do quadricolor chegue ainda mais longe nesta Série D.

Público precisa abraçar mais

Média de público até agora no Gigantinho é pífia, com cerca de 650 pessoas. Foto: Márcio Costódio

Pouco mais de 700 pessoas foram ver a vitória do Bruscão no último domingo. Contra o XV, foram 600. Muito pouco para um time que vem representando bem o município no campeonato nacional. A torcida precisa comparecer mais, do contrário o elenco pode se sentir desprestigiado. Apesar disso, os poucos que têm comparecido fazem uma festa que vale por milhares de pessoas. Dois jogos muito bonitos no Augusto Bauer.

Federação de Basquete, o exemplo a ser seguido
Em um estado onde a maioria das federações apenas sugam o dinheiro das associações e clubes e sequer aparecem nos eventos para prestigiar, a Federação Catarinense de Basquete (FCB) faz a diferença. No último fim de semana, firmou parceria com a Federação Catarinense de Basquete em Cadeira de Rodas, que ainda enfrenta dificuldades para tocar a modalidade. Dessa forma será possível evoluir e colaborar mais com os atletas paralímpicos, como a equipe de Brusque, além de fomentar a prática em outras cidades.

Liderança da Chape
Dá gosto de ver um time catarinense representando tão bem o estado no Campeonato Brasileiro, coisa que não se via há anos. Se vai durar a liderança do Verdão, ou mesmo a boa fase, o tempo vai responder, vencer o Cruzeiro no Mineirão, com propriedade, é para poucos. Avante, Chape!

Gols perdidos
A partida poderia ter encerrado, no mínimo, em 5 a 1 para o Brusque. Eduardinho e Wilson Junior perderam gols cara a cara – um por enfeitar de mais, outro por ter perdido o controle da bola. Outras chances excelentes foram desperdiçadas ao longo da partida. Isso, na verdade, representa mais a qualidade na criação das jogadas. Só perde gol quem teve a oportunidade.

Os dentes de leite

Foto: Marquinhos Sassi / Arquivo Pessoal

Bicampeão catarinense, o Carlos Renaux não poderia deixar de formas novos atletas. Foi assim que passou a apostar nas categorias mais jovens, garimpando talentos. Na foto está a categoria Dente de Leite de 1976. Em pé estão: Zecão, Binho, Elói (in memorian), Laurindo, Nenem Souza, Marquinhos e Zezo. Agachados: Serginho, Valcemir, Buga, Cilinho e Alvaro.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio