Brusque terá representação no taekwondo após quatro anos de ausência no Jasc

O retorno é mérito da instrutora de taekwondo Zenair Barbosa

Brusque terá representação no taekwondo após quatro anos de ausência no Jasc

O retorno é mérito da instrutora de taekwondo Zenair Barbosa

A última vez que Brusque competiu no taekwondo pelos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) foi em 2010, quando o município sediou o evento. Mas as lembranças não foram nada agradáveis: As atletas do naipe feminino ficaram na 12ª posição, e os lutadores do masculino tiveram desempenho ainda pior, terminando os Jasc em 19º. Quatro anos depois, a cidade volta a ter representantes na modalidade.

O retorno é mérito da instrutora de taekwondo Zenair Barbosa. Quando a arte marcial deixou de ser praticada no município, ela foi a Balneário Camboriú para conquistar graduações de faixas, até chegar à preta. Três vezes por semana, a atleta viajava ao litoral em busca de instruções no taekwondo. “Brusque ficou sem professor, o que frustrou todos os atletas que competiam aqui”, explica Zenair.

Em setembro de 2012, a então lutadora recebeu um convite de uma academia no bairro Limoeiro (ver abaixo) para dar aulas no espaço. A princípio, Zenair julgou que não seria capaz. Mesmo assim aceitou o desafio. Hoje, não se arrepende. “Contamos com um plantel reduzido de alunos, somente 17. Mesmo assim, nunca saímos de uma competição sem medalhas”, destaca.

Brusque competirá nos Jasc com cinco atletas do naipe masculino. Eles preenchem todos os pesos disponíveis da competição. O congresso técnico da modalidade será segunda-feira. Na oportunidade, os brusquenses conhecerão o chaveamento da disputa. Na terça e quarta-feira serão realizadas as lutas. A cidade será representada apenas no naipe masculino.
Competidores precoces

Em apenas um ano de existência, a ‘Academia Boa Forma’ já havia inserido atletas em competições estaduais e até mesmo nacionais. Um dos destaques foi Marcos Quirino, filho de Zenair Barbosa. O atleta é o atual campeão brasileiro da categoria infantil – de 9 a 11 anos, 45 quilos. A competição foi realizada pela Confederação Brasileira de Taekwondo, em agosto.

No mesmo mês, em Itajaí, Brusque conquistou sete medalhas no Mega Open de Taekwondo: Foram cinco ouros, uma prata e um bronze. Foram oito competidores brusquenses lutando no município vizinho. Na contagem de Zenair, desde o início do ano foram 42 medalhas conquistadas pela equipe da Academia Boa Forma.

As competições fazem parte da rotina do grupo. Segundo a instrutora, em apenas três meses um atleta que entrou na academia já está lutando por medalhas. “O treino é importante porque dá o preparo físico e as noções do esporte, mas somente competindo é que se aprende o taekwondo. Nos campeonatos existe um atleta que também quer uma medalha, e foi treinado por outra pessoa”, explica Zenair.
Baixa expectativa
O calendário dos taekwondistas de Brusque esteve cheio durante todo o ano. O ritmo adquirido pelos atletas permitiram que bons resultados surgissem. No entanto, na visão da mestre Zenair, Brusque não terá grande destaque nos Jasc. O real objetivo da equipe é trazer experiência aos atletas, já que muitos iniciaram há pouco tempo na modalidade. Os Jasc contarão com atletas olímpicos no taekwondo, momento ideal para a troca de conhecimentos com os estreantes.

Mesmo assim, ainda existe uma chance de surpresa, segundo Zenair. Tiago André luta por uma categoria que está em falta em Santa Catarina, a livre – atletas com mais de 82 quilos. “Ele se preparou muito durante o ano e não deve enfrentar mais do que seis competidores”, explica a treinadora.

As lutas

O taekwondo é uma modalidade em que os chutes se prevalecem durante o combate. O intuito é o de marcar pontos encaixando os golpes. As ações com as mãos geram apenas um ponto, enquanto os chutes variam entre dois e três pontos. As competições serão regidas pelo sistema da World Taekwondo Federation (WTF) e coordenadas pela Federação Catarinense de Taekwondo (FCTKD). São lutas em categorias individuais divididas por pesos. No entanto, não haverá divisão por faixas. Todos são considerados faixas pretas nos Jasc.

 

Atletas de Brusque no Taekwondo
Nome / Peso / Idade

Edward Torcat 54 kg 16
Marco Safena 63 kg 22
Wendel Soares 72 kg 22
Maicon Ceresoli 82 kg 17
Tiago André 82 kg 21

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio