Brusque termina Jasc duas posições acima de edição anterior

Município conquistou dois troféus de prata e ficou no 14º lugar, com 21 pontos

Brusque termina Jasc duas posições acima de edição anterior

Município conquistou dois troféus de prata e ficou no 14º lugar, com 21 pontos

João Vítor Roberge‏

Brusque encerrou a edição de 2019 dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) na 14ª posição, com 21 pontos, somando dois troféus de prata e nove medalhas. O evento foi encerrado neste domingo, 10, com o município ficando no segundo lugar do torneio de basquete masculino após derrota por 85 a 58 para Blumenau. Com quedas na classificação geral desde 2014, foi a primeira vez que houve uma melhora desde então.

Os brusquenses conquistaram medalhas no taekwondo, no ciclismo e no basquete. As equipes de ginástica rítmica, vôlei de praia feminino e vôlei feminino não voltaram com medalhas, mas trouxeram pontos, contribuindo diretamente para a modesta ascensão do 16º lugar de 2018 para o 14º em 2019.

O time de vôlei, representado pela Abel, venceu as três partidas da fase de grupos, mas foi eliminado para Florianópolis com derrota por 3 sets a 0 e ficou com o sexto lugar, adicionando um ponto para Brusque na classificação geral. A ABGR, com um time bem mais jovem do que as principais forças adversárias, assegurou um muito satisfatório quinto lugar, cumprindo as melhores expectativas do técnico Thiago Coelho.

Pontos

1º: Blumenau (228)
2º: Itajaí (170)
3º: São José (138)
4º: Florianópolis (108)
5º: Chapecó (106)
14º: Brusque (21)

2º lugar (8): basquete masculino, ciclismo masculino
5º lugar (2): ginástica rítmica, vôlei de praia feminino
6º lugar (1): vôlei feminino

Classificação geral
2014: 6º
2015: 7º
2016: edição cancelada
2017: 10º
2018: 16º
2019: 14º

Troféus

Prata: basquete masculino e ciclismo masculino

Medalhas

Prata: taekwondo masculino (Marcos Quirino), 2x ciclismo masculino (André Gohr e Guilherme Ribeiro), basquete masculino.
Bronze: 2x taekwondo feminino (Katerinne Verduguez), taekwondo masculino (Marcos Quirino), 2x ciclismo masculino (Daniel Zóia e Bernardo Cruz).

Guabiruba

Força emergente no caratê, Guabiruba faturou medalhas de bronze com Lilliane Celca na categoria acima de 68 kg e com Beatriz Anastácio na categoria abaixo dos 60 kg. Júlia Maiara dos Santos foi quinto lugar na categoria abaixo dos 61 kg. O desempenho deixou Guabiruba na sexta posição da classificação geral, rendendo um precioso ponto na classificação final dos JASC.

No jiu-jitsu, modalidade que ainda não conta pontos para a classificação geral, Bruna Tormena conquistou medalhas de bronze.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo