Brusquense é eleito presidente de federação nacional de estudantes

André Vechi fica à frente da entidade que representa o Campo de Públicas, a Feneap, por um ano

Brusquense é eleito presidente de federação nacional de estudantes

André Vechi fica à frente da entidade que representa o Campo de Públicas, a Feneap, por um ano

O brusquense André Vechi, 27 anos, foi eleito presidente da Federação Nacional dos Estudantes dos Cursos do Campo de Públicas (Feneap). A eleição foi realizada na semana passada durante o Congresso Nacional dos Estudantes dos Cursos do Campo de Públicas (Coneap), em Natal, no Rio Grande do Norte.

Campo de Pública é um conceito que agrega a área de formação das pessoas que vão trabalhar no setor público e abrange os cursos de Administração Pública, Gestão Pública, Gestão de Políticas Públicas, Políticas Públicas, Gestão Social e Ciências do Estado.

“Esses seis cursos têm uma identidade própria, não são representados por nenhuma outra federação e então criaram uma própria que é a Feneap, que vai completar nove anos”, explica Vechi.

O brusquense é estudante da quarta fase do curso de Administração Pública da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), campus de Balneário Camboriú, e recebeu os votos de 11 dos 23 delegados aptos a votar. “Pela federação ser nova, sempre havia um consenso sobre a formação dos grupos que estavam à frente dela. Esta foi a primeira vez que teve duas chapas concorrendo”.

De acordo com ele, a Feneap tem uma outra visão sobre movimentos estudantis. “Sai um pouco daquele clichê de fazer barulho e não conseguir colocar nada em prática. Acho que como futuros administradores públicos, um dos grandes desafios é trabalhar e lutar pela profissionalização da gestão pública, é uma demanda que está em alta na sociedade, vide os casos de corrupção e desgoverno que vivemos hoje”.

Um dos principais objetivos de Vechi à frente da Feneap é implantar o projeto Mais Gestores Públicos, que consiste em criar um mecanismo semelhante à residência médica. “O recém-formado nos cursos do Campo de Públicas iria para prefeituras de médio e pequeno porte, que tem dificuldade maior de pessoal com mão de obra qualificada. Esses profissionais fariam uma residência ganhando uma bolsa do governo federal. Além do estágio curricular, o recém-formado tem a oportunidade de assim que sair da faculdade ficar por dois anos trabalhando na prefeitura e tendo uma experiência real, que vai agregar muito ao currículo”.

A proposta, inscrita no programa Dialoga Brasil, do governo federal, foi a campeã de votos da área de Ensino Superior. “De todo o site do programa Dialoga Brasil, esta proposta foi a terceira mais votada e na área do Ensino Superior foi a campeã. O pessoal tem essa consciência do quão é importante a gente poder ter uma administração pública mais qualificada o que acaba inibindo a corrupção e acaba se transformando em políticas públicas para a sociedade e em serviços públicos de uma qualidade maior. Esse é um projeto chave que queremos encabeçar e colocar na agenda do governo”.

A posse de Vechi na presidência da Feneap deve ocorrer no dia 25 de março, na Fundação João Pinheiro, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O brusquense ficará à frente da federação por um ano.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio