Brusquense pesca carpa-húngara de 12 kg próximo à ponte estaiada

Espécie é uma das mais raras pescadas no rio Itajaí-Mirim

Brusquense pesca carpa-húngara de 12 kg próximo à ponte estaiada

Espécie é uma das mais raras pescadas no rio Itajaí-Mirim

João Vítor Roberge‏

Uma carpa-húngara de 12kg foi pescada no rio Itajaí-Mirim pelo brusquense Sideclei Soares e seu pai, Amilton Soares, no Centro de Brusque, próximo ao antigo Colégio Cenecista Honório Miranda e à ponte estaiada, em 28 de julho. De acordo com os pescadores, foi o maior peixe capturado por eles em muito tempo nas margens do rio, embora já tenham ouvido histórias sobre peixes de mais de 20kg.

Veja também:
Instituto denunciado pelo Fantástico premiou vereador de Brusque

Após intercâmbio na Itália, jovens modernizam produção de vinho em Nova Trento

Disputa entre prefeitura e empresa por área no Jardim Maluche ganha novo capítulo

“É uma pena que maltratem tanto um rio tão bonito, e que ainda consegue ter tantos peixes. Recentemente teve aquele caso da espuma nas águas. É importante chamar a atenção para isso”, comenta Sideclei. Todos os peixes pescados no rio servem também como refeição para a família. Apesar da poluição, o pescador não vê problemas no consumo.

Sideclei Soares/Arquivo pessoal

Para pegar a carpa, foi necessário que todo mundo unisse forças: Sideclei, Amilton, um amigo da família e até um rapaz que passava pelo local. A vara de pesca chegou a entortar durante o confronto. Pessoas que passavam pelo local chegaram a tirar fotos.

Veja também:
Como iniciativa de paróquia ameniza dificuldades de moradores de rua

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Enquanto esperava Uber, mulher é assaltada e agredida, em Blumenau

O pescador também conta que a carpa é um dos peixes raros no rio. Os mais capturados costumam ser o cascudo e a tainhota, que não costumam ter mais de 2 kg. As iscas mais utilizadas são banana, pão e uma massa artesanal, produzida na própria casa de Sideclei.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo