Brusquenses comemoram participação nas Paralimpíadas Escolares

Município chegou ao seu quarto ano com medalhas na competição

Brusquenses comemoram participação nas Paralimpíadas Escolares

Município chegou ao seu quarto ano com medalhas na competição

A edição 2018 das Paralimpíadas Escolares terminaram com Brusque mantendo a tradição de medalhas para Santa Catarina. Foram quatro ao todo, todas na natação, com Arnaldo Júnior. Ele conquistou o primeiro lugar nas provas de 100 metros e 200 metros Livre, 100 metros Peito, além da prata nos 100 Costa.

A edição XIII das Paralipíadas Escolares ocorreram em São Paulo até a sexta-feira, 24. Ela reúne escolas de 23 estados mais o Distrito Federal e reúne cerca de 1 mil atletas, com idades entre 12 e 17 anos. Os participantes são divididos nos segmentos Intelectual, Físico e Visual. As provas ocorrem na natação, atletismo, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, goalball, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de 5, futebol de 7, vôlei sentado e judô.

No sábado foi o momento da equipe local retornar para Brusque. O atleta é parte do Projeto Transcender, mantido há 15 anos no município e com representantes em quatro edições da Paralimpíadas. Em todas, com conquista de medalhas.

Ao lado de Júnior, em 2017, Jamilly de Oliveira havia conquistado dois ouros. No ano, Júnior teve uma prata e dois bronzes. No ano de 2015, em Natal, no Rio Grande do Norte, José Noldin voltou com uma prata e, em 2007, em Brasília, Matheus Rheine, teve três medalhas de ouro.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio