Brusquenses de coração são homenageados na Câmara

Câmara de Vereadores entregou o título à sete personalidades que escolheram Brusque para morar

Brusquenses de coração são homenageados na Câmara

Câmara de Vereadores entregou o título à sete personalidades que escolheram Brusque para morar

Sete personalidades receberam na noite dessa quinta-feira, 14, o título de Cidadão Honorário, na Câmara de Vereadores de Brusque. A sessão solene faz parte das comemorações dos 154 anos da cidade. A homenagem acontece todos os anos, no mês de agosto, por indicações de vereadores a pessoas que não nasceram na cidade, mas que a adotaram de coração. A dupla Mimi Reis e Bia Barros animou a solenidade e encantou o público com a interpretações de canções nacionais.

Neste ano, os homenageados foram: Ademar Aureliano Duarte, Edemar Luiz Aléssio, José Antônio Gonçalves Rios, Izaias Otaviano, Jonas Oscar Paegle, Nelson Zen Filho e Wolney Carlos Loeff. Eles foram indicados, respectivamente pelos vereadores: Celso da Silva, André Rezini, Moacir Giraldi, José Isaias Vechi, Roberto Prudêncio, Ivan Martins e Edson Müller.

O vereador Silva diz que a escolha das personalidades foi devido aos belos currículos e histórias interessantes. “Sabemos que existem mais pessoas que merecem esse reconhecimento, e certamente em outra ocasião serão lembrados. Estamos homenageando gente do senso comum, da vida cotidiana, com fortes vínculos com Brusque”, diz.

Edemar Luiz Aléssio, o Palmito, diz que o reconhecimento é muito legal e torna uma responsabilidade para procurar fazer sempre o melhor para ajudar a cidade e a comunidade. “Antes de Brusque me adotar, eu já adotei Brusque e moro aqui há 24 anos. Foi a cidade que escolhi para morar junto com minha família e fomos muito bem recebidos por todos”, diz.

Zen Filho ressalta que o título recebido na Câmara é muito gratificante, especialmente por homenagear pessoas não nascidas em Brusque. “Estamos sendo reconhecidos pela nossa participação na comunidade, por termos contribuído para o desenvolvimento e crescimento da cidade, mesmo que seja em uma pequena parcela”, diz.

Alegria compartilhada

O homenageado Loeff revela que foi surpreendido com o título. Ele conta que está em Brusque há 32 anos e sempre esteve muito ligado à comunidade e em busca de fazer o melhor para um conjunto. “Sinto-me completamente satisfeito com esse convite dos vereadores e compartilho esse momento com minha família”, diz.

O médico Duarte está há 38 anos na cidade e diz que com o título de Cidadão Honorário se sente ainda mais em casa. Também satisfeito com o momento, Paegle diz que tem Brusque como a terra do coração. “Amo este lugar”, afirma.

O sindicalista Otaviano diz que se sente muito horando por ser reconhecido pelo trabalho que exerce em Brusque há 25 anos. “Entendo que não se muda nada sem o trabalho, o esforço de cada cidadão”, diz. Além dele, Rios também demonstrou grande alegria por ser lembrado pelo projeto Transcender. “É um trabalho de 11 anos e que foi um marco para a cidade”, diz.

Homenageados

Ademar Aureliano Duarte

Médico especialista na área de otorrinolaringologia e broncoesofagologia, veio para Brusque em 1976, quando iniciou a trajetória de serviços médicos prestados à comunidade. Em quase 40 anos de dedicação à medicina, já atuou como presidente da Sociedade Brusquense de Medicina; diretor clínico do Hospital Azambuja; diretor-presidente da Unimed Brusque e vice-presidente da Sociedade Cultural Azambuja.

Edemar Luiz Aléssio

Mais conhecido como Palmito, o educador físico atuou como jogador de futebol profissional por sete anos e nunca recebeu cartão vermelho. Reside em Brusque há 22 anos. Atuou como professor de Educação Física no Colégio Cenecista Honório Miranda e Colégio João XXIII. Em 1994 iniciou sua caminhada como servidor do Sesc e atualmente exerce a função de gerente, completando 20 anos de casa.

José Antonio Gonçalves Rios

Mais conhecido como professor Rios, veio para Brusque em 1998, onde deu continuidade à carreira como professor de Educação Física. Em 2003 criou o Projeto Transcender com o objetivo de proporcionar a prática de esportes por atletas com deficiência intelectual, bem como, a inclusão social e a inserção dos mesmos no mercado de trabalho.
Por meio do projeto, inúmeros para-atletas brusquenses tiveram a oportunidade de participar de competições estaduais, nacionais e internacionais, competindo nas modalidades de basquete, natação e bocha.

Izaias Otaviano

Desde jovem trabalha no ramo de construção civil e veio para Brusque em 1989 a convite de um empresário do setor de construção civil. Em 1998, foi convidado a integrar chapa para concorrer a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (Sintricomb). Daí em diante assumiu diferentes funções na diretoria e em 2012, foi eleito o presidente.
Ele é também diretor da Nova Central Sindical de Trabalhadores de Santa Catarina, diretor da Federação dos Trabalhadores na Indústria da Construção e do Mobiliário de Santa Catarina. Além disso, é coordenador do Fórum de Entidades Sindicais da Classe Trabalhadora de Brusque e região.

Jonas Oscar Paegle

Especialista em Medicina do Trabalho, mudou-se para Brusque em 1975 onde começou a trabalhar na Companhia Industrial Schlosser. No mesmo ano, iniciou atividades no Sintrafite e no Hospital Azambuja, como médico plantonista. Atuou como diretor clínico do Hospital Azambuja e participou do projeto para instalação da primeira UTI da cidade.

Nelson Zen Filho

Mais conhecido pelo apelido de Tato, veio para Brusque em 1978, onde começou a trabalhar na Zen SA como estagiário. Atualmente, exerce na empresa a função de vice-presidente administrativo financeiro.
Paralelo às atividades profissionais, Tato sempre esteve engajado em ações sociais em prol da comunidade brusquense. Foi conselheiro do Clube Esportivo Bandeirante e da Faculdade São Luiz. Atuou como presidente da Associação Empresarial, foi vice-presidente do Sindicato Patronal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Brusque.

Wolney Carlos Loeff

O cardiologista veio para Brusque em 1982 onde iniciou suas atividades profissionais na Policlínica e no Hospital Evangélico. Foi diretor clínico do Hospital Evangélico e um dos fundadores da Unimed Brusque. Integrou o Lyons Clube Centro por seis anos. Entre seus principais hobbys estão atividades agropecuárias. É também apreciador de vinhos e gastronomia.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio