Cadastramento biométrico de eleitores é retomado em Santa Catarina

Nova Trento e São João Batista estão entre as cidades que testarão o serviço em 2014

Cadastramento biométrico de eleitores é retomado em Santa Catarina

Nova Trento e São João Batista estão entre as cidades que testarão o serviço em 2014

O processo de cadastramento biométrico de eleitores, iniciado em 2008 em Santa Catarina, está sendo intensificado desde o começo do mês. Eleitores de Florianópolis, Major Gercino, Nova Trento e São João Batista devem encerrar os cadastros até o fim do ano. O sistema poderá ser testado nas eleições de 2014.
Nestes quatro municípios, a coleta acontece de forma ordinária, ou seja, a Justiça Eleitoral vai colher os dados dos eleitores que comparecerem ao cartório eleitoral para emitir o título de eleitor, fazer transferência de município ou revisão de informações, como atualização de dados pessoais ou mudança de local de votação.

Em São João Batista, o cadastramento está acontecendo no cartório da 53ª Zona Eleitoral, local também  destinado aos eleitores de Nova Trento para realização do procedimento. A chefe do cartório, Rosiane de Souza Catarina, informa que o cadastro nos municípios deve continuar até novembro. “A divulgação está sendo feita em rádio e cartazes, para que os eleitores compareçam e realizem o cadastro o quanto antes”.
Como funciona o recadastramento

O recadastramento biométrico do eleitor envolve quatro passos básicos: atualização dos dados biográficos, digitalização da assinatura, fotografia e coleta das digitais de todos os dedos 
das mãos. Rosiane afirma que o tempo de cadastro é em torno de dez a 15 minutos, e o eleitor sai do cartório com o novo título em mãos.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), Eládio Torret Rocha,  participou ontem de reunião com os prefeitos de 12 novas cidades que iniciarão o cadastro biométrico de eleitores ainda esse ano. No encontro realizado em Florianópolis, foi definido que  o início do processo acontecerá em meados de outubro. “Gradativamente, o Estado vai retomar esse processo, esperamos até 2016 ter mais municípios cadastrados. A principal vantagem é a segurança do voto: um eleitor não pode votar por outro. Atualmente, o sistema é muito seguro, mas da margem à falhas. Na identificação biométrica isso não ocorre, é um sistema 100% seguro”, ressalta Rocha.
Novas cidades

De acordo com o TRE, 12 novas cidades  de Santa Catarina devem começar o cadastro biométrico de eleitores ainda neste ano. A lista:

Angelina
Anidápolis
São Bonifácio
São José
Palhoça
Antônio Carlos
São Pedro de Alcântara
Governador Celso Ramos
Biguaçu
Águas Mornas
Santo Amaro da Imperatriz
Rancho Queimado


Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio