Calor antecipa procura por piscinas dos clubes de Brusque

Com abertura tradicional em novembro, Guarani já iniciou exames médicos

Calor antecipa procura por piscinas dos clubes de Brusque

Com abertura tradicional em novembro, Guarani já iniciou exames médicos

O aumento das temperaturas tem refletido na procura pelas piscinas dos clubes de Brusque. A maioria deles costumava iniciar os preparativos apenas no fim do mês, para operação em novembro. Em alguns casos, novidades na infraestrutura são apostas para estimular a participação dos sócios.

Entre os clubes pesquisados, o Clube Esportivo Guarani precisou rever o planejamento devido a pedidos dos sócios. A secretária Thuany Tomasi destaca a influência do clima na demanda. “Foi muita procura. Foi só ficar um pouco calor que começou. Precisamos antecipar já que tinha muitos sócios pedindo as piscinas.”

Veja também:
Brusque tem quase 600 ruas oficiais sem pavimentação

Idoso vai a júri popular por tentativa de homicídio motivado por ciúmes

Reforma garante melhor estrutura para atuação do Tiro de Guerra

 

A intensificação foi percebida há cerca de um mês e levou a direção a antecipar o período de exames e a abertura em uma semana. Com a decisão, as piscinas abrem no próximo dia 23. De acordo com ela, só no ano passado foram feitos cerca de 2,6 mil exames para o uso das piscinas.

Já é possível fazer exames a partir desta semana. O serviço se estende até novembro, disponível de segunda a sexta, entre 17h e 19h. Nos sábados, é possível encaminhar o procedimento entre 9h e 11h.

Definição em novembro
Já no Santos Dumont, segundo a secretária Tais Noldin, mesmo com a procura mais recorrente, ainda não há definições sobre a abertura. A decisão deve ser divulgada nesta semana.

Hoje, afirma, o tema ainda está sendo discutido internamente e a tendência é que o clube mantenha a abertura em novembro. O local conta com cerca de 150 sócios.

Procura constante
Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Clube Caça e Tiro Araújo Brusque, Evaldo Ristow, a piscina está disponível para uso dos sócios durante todo o ano. De acordo com ele, com o calor, já é possível perceber aumento na procura.

Ele destaca o aproveitamento das piscinas pelos 810 sócios para lazer, hidroginástica e treinamento de natação. O serviço gerou movimento mesmo em meses como junho e julho, considerados de baixo demanda pelas estruturas. “A piscina depende do clima, se tivermos uma temporada boa de sol, teremos um bom movimento. Muitos aproveitam mesmo que para banhos de sol.”

Veja também:
Acusado de homicídio no trânsito ocorrido em 2016 vai a júri popular

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Motorista morre após perder controle de carro e invadir terreno, em Blumenau

Infraestrutura renovada
O panorama é semelhante ao acompanhado pelo gerente da Sociedade Esportiva Bandeirante, Cristiano Lazarini. De acordo com ele, com a infraestrutura disponível e o conforto, muitas famílias mudaram os hábitos nos períodos mais quentes. “Hoje acredito que a população de Brusque não tem buscado tanto o litoral, estão optando mais por ficar na cidade.”

No Bandeirante, as piscinas ficam abertas entre novembro e abril, mas ainda não há uma data definida para início de operação. De acordo com ele, as ligações de pessoas interessadas em se associar ao clube costumam acompanhar o período de movimento de piscinas.

Lazarini destaca a finalização de uma nova área, de 4 mil metros quadrados, destinada a quadras de areia e ambiente de convívio durante o mês de novembro. O local contará com arborização, brinquedos e oito quadras.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio