Calor intenso deve continuar nos próximos dias

Frente fria deve chegar a Brusque e região a partir do dia 21

Calor intenso deve continuar nos próximos dias

Frente fria deve chegar a Brusque e região a partir do dia 21

As temperaturas deverão se manter altas em Brusque e região até, pelo menos, a próxima semana. O meteorologista da Epagri/Ciram, Erikson de Oliveira, explica que esses períodos de calor mais intenso são normais nessa época do ano e podem durar até 15 dias. “Pelo modelo que está se desenhando, só a partir de 20 de janeiro é que deverá chegar uma frente fria capaz de amenizar as temperaturas”, informa. Segundo ele, a onda de calor também é comum durante o verão e, apesar de parecer acima da média, as máximas registradas até agora estão dentro dos parâmetros dos últimos anos.

O que pode estar dando a impressão de mais calor é a massa de ar quente e úmida sobre o estado, por isso, além das altas temperaturas, a sensação de abafamento. “São Joaquim, uma das cidades mais frias do Estado já chegou a registrar num mês de janeiro 31°C, nesse ano, até agora, a máxima não passou dos 24°C”, exemplifica o meteorologista. Já a mais alta temperatura do ano ocorreu nesta quarta-feira, 7, em Criciúma. Na cidade do Sul do estado, os termômetros foram a 37°C. O que, de acordo com o departamento de meteorologia da Epagri, também está dentro do normal já registrado nessa época do ano.

O meteorologista também explica que essa condição provoca as pancadas de chuva de verão, que podem ser mais fortes com descargas elétricas, especialmente nos inícios de tarde e noite. “É importante ficar alerta e sempre que o tempo fechar, procurar abrigo em locais seguros”, orienta.

Cuidados com a saúde

O cardiologista Artur Heddad Herdy dá dicas de cuidados em épocas de muito calor. Segundo ele, é essencial manter o corpo bem hidratado com a ingestão de bastante líquido. Além de água, suco de laranja e água de coco podem ser boas opções. A alimentação deve priorizar frutas, verduras e peixe. O ideal é evitar produtos gordurosos como as frituras e o chocolate.

O médico também recomenda que as pessoas com pressão baixa aumentem a quantidade de ingestão de líquidos e acrescentem um pouquinho mais de sal ao cardápio. Atividades físicas devem ser evitadas nos horários de pico do calor, entre 11h e 16h. Atenção redobrada com a hidratação das crianças, que segundo o especialista, apresentam menor solicitação de água. As brincadeiras na água e a exposição ao sol devem ser controladas e sempre com proteção contra os raios solares.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio