Campeão da América: Barateiro humilha Santiago Morning (CHI) e fatura título inédito da Libertadores

Equipe brasileira finaliza campanha perfeita com goleada por 11 a 0 sobre as donas da casa

Campeão da América: Barateiro humilha Santiago Morning (CHI) e fatura título inédito da Libertadores

Equipe brasileira finaliza campanha perfeita com goleada por 11 a 0 sobre as donas da casa

Foi sem dó e nem piedade, em plena casa das adversárias. A equipe do Barateiro Futsal/FME não tomou conhecimento da equipe do Santiago Morning (CHI) e faturou o título inédito da Copa Libertadores da América. Comandadas por Amandinha e Jéssika, as brusquenses fizeram 11 a 0 com extrema facilidade e conquistaram mais uma taça importante para a galeria de troféus.

Jéssika marcou 3 dos 11 gols da equipe na partida. Nega, Amandinha e Lora anotaram duas vezes, enquanto, Diana e Bezerra balançaram as redes em uma oportunidade. O time brasileiro ainda acabou a competição com o melhor ataque e a melhor defesa da competição e teve a ala Amandinha, melhor jogadora do mundo, eleita a principal atleta do torneio. Jéssika foi a artilheira e a goleira Gabi a menos vazada da competição.

O jogo
O Barateiro não precisou sequer de um minuto para provar que não teria dificuldades para atropelar mais uma adversário no Chile. Depois de goleadas em três dos quatro jogos na competição, o time brusquense começou arrasador para mais uma vitória.

Com apenas 30 segundos de partida, Amandinha abriu o placar. Não demorou, cerca de um minuto depois, Nega aproveitou erro da defesa adversária e ampliou. A equipe dominava totalmente a partida, e a goleada foi construída ao natural.

Em outro erro do Santiago Morning, Jéssika fez o terceiro. Diana, em contragolpe, anotou o quarto, até Jéssika voltar a brilhar e marcar mais um: 5 a 0 Barateiro. Antes do fim da primeira etapa, ainda deu tempo de Lora, Jéssika, Nega e Amandinha definirem a partida na etapa inicial.

Com 9 a 0 no placar, a equipe pareceu satisfeita na etapa final. O Santiago Morning chegou a melhorar a marcação, mas continuava inofensivo no ataque. Diana, em dois lances livres, perdeu a oportunidade de dilatar o placar. Mas Bezerra, em chute fraco, por baixo das pernas da goleira adversária, e Amandinha, em finalização forte após rebote, ainda ampliaram o marcador. Placar final: 11 a 0 Barateiro e festa brasileira no Chile.

Campanha perfeita
O Barateiro chegou ao título inédito após uma campanha perfeita. Foam cinco vitórias em cinco jogos. A equipe marcou 51 gols e sofreu apenas 4. Logo na estreia, o time bateu outra equipe chilena, o Éverton, por impressionantes 23 a 1. No jogo seguinte, o clube brasileiro teve o duelo mais complicado, apesar do amplo domínio da partida, o jogo diante das argentinas do San Lorenzo acabou apenas 2 a 0.

Na terceira partida do grupo B, contra o Rio Negro City, do Uruguai, o time voltou a golear: 9 a 2. Nas semifinais, disputada na sexta-feira, o jogo foi com o Kimberley (ARG), 6 a 1. Até que na grande decisão, contra o também invicto Santiago Morning, a equipe não tomou conhecimento das adversárias e impôs outra sonora goleada para sacramentar o título: 11 a 0.

A campanha
5 jogos – 5 vitórias
51 gols marcados
4 gols sofridos
47 de saldo

Os jogos
Fase de grupos
Barateiro 23×1 Everton (CHI)
Barateiro 2×0 San Lorenzo (ARG)
Barateiro 9×2 Rio Negro City (URU)

Semifinal
Barateiro 6×1 Kimberley (ARG)

Final
Barateiro 11×0 Santiago Morning (CHI)

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio