Carlos Renaux inicia planejamento para Série C do Catarinense em março

Presidente do Vovô, Tato Petruschky explica cronograma e expectativas para 2019

Carlos Renaux inicia planejamento para Série C do Catarinense em março

Presidente do Vovô, Tato Petruschky explica cronograma e expectativas para 2019

O Carlos Renaux deve traçar suas metas para 2019 a partir de 15 de março, quando terminará de buscar patrocinadores para a manutenção do time profissional de futebol na Série C do Campeonato Catarinense. O clube pagou em fevereiro as taxas anuais à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à Federação Catarinense de Futebol (FCF). Em 2018, o Vovô encerrou um período de 12 anos ausente do esporte profissional.

O presidente do clube, Renato Petruschky, o Tato, afirma que a diretoria tem se reunido desde o início de fevereiro para iniciar contatos com empresários em busca de patrocinadores. O objetivo é que o Carlos Renaux chegue para a Série C com orçamentos maiores que em 2018, mas o dirigente sabe que tudo depende de como irão correr as negociações com os atuais e os possíveis parceiros.

“A ideia é que até 15 de março nós tenhamos uma posição certa sobre 2019. A princípio, continuaremos na Série C. Claro, perdemos aqueles seis pontos por uma infelicidade, desconhecimento, mas o trabalho foi bom. Só que precisamos antes garantir uma parcela de patrocinadores”, explica.

A partir de então será possível começar a prever o ano de 2019 do Vovô e traçar objetivos. Dependendo do orçamento previsto, o clube terá como meta a disputa honrosa da Série C ou a briga pelo título. Em último caso, a hipótese é cancelar os planos e tentar novo retorno em 2020. “Se não conseguirmos os parceiros suficientes, não descarto a possibilidade de ficarmos fora neste ano. Mas nossas obrigações estão todas pagas.”

Categorias de base
O Carlos Renaux possui o time sub-20, que disputa a Série C do Campeonato Catarinense da categoria, com início previsto para junho. Como a Série C profissional é uma competição sub-23 com limite de cinco jogadores acima da idade, é natural que diversos jogadores do sub-20 integrem o time profissional nos meses seguintes.

Cerca de 260 crianças e adolescentes de 5 a 17 anos estão inscritas nas escolinhas de futebol do Carlos Renaux. As diversas categorias disputam os campeonatos da Associação Catarinense de Escolinhas de Futebol, que abrange os municípios de Brusque, Guabiruba, Itajaí, Camboriú, Balneário Camboriú, Gaspar, Blumenau, São Bento do Sul, Rio Negrinho e Bombinhas.

Em 2018
O Carlos Renaux não disputava uma competição profissional desde 2006 quando estreou na Série C do Campeonato Catarinense em 1º de setembro de 2018. O time enfrentou Caçadorense, Porto e Jaraguá e conseguiu a classificação para as semifinais mesmo após uma punição com perda de seis pontos pela escalação irregular do zagueiro Luan.

Nas semifinais, contra o Atlético Itajaí, o Vovô empatou em 0 a 0 no Augusto Bauer e, na segunda partida, empatou em 1 a 1. Depois da prorrogação sem gols, quem passou à final foi o Atlético Itajaí.