Carnaval de Brusque será transferido para o pavilhão da Fenarreco

Com a mudança de local, a Fundação Cultural de Brusque espera atender melhor os cerca de 8 mil foliões que são esperados para a festa deste ano

Carnaval de Brusque será transferido para o pavilhão da Fenarreco

Com a mudança de local, a Fundação Cultural de Brusque espera atender melhor os cerca de 8 mil foliões que são esperados para a festa deste ano

A quarta edição da Festa de Carnaval de Brusque acontecerá em 3 de março, uma segunda-feira, ponto facultativo e véspera de feriado municipal. O evento começará às 20h, no Centro de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof, o pavilhão da Fenarreco.

No ano passado, a festa que aconteceu na rua Adriano Schaefer, no Centro, concentrou mais de 5 mil pessoas. A expectativa da prefeitura para este ano é de um crescimento de pelo menos 60% neste número, chegando à casa de 8 mil foliões.

A festa começa com um DJ tocando temas carnavalescos e, a partir das 21h, a banda Destak do Samba assume o palco. A superintendente da Fundação Cultural, Eudez Pavesi, explica que a mudança do local do evento tem o objetivo de oferecer mais conforto ao público. “O Centro de Eventos é um lugar bem maior. No ano passado, a rua Adriano Schaefer já estava lotada, neste ano haverá bem mais espaço para aumentarmos o público. Além disso, há um número bem maior de vagas de estacionamento, facilitando a vida de quem quiser participar”. 

O tema da decoração da festa será a Copa do Mundo de 2014. “Enfeitaremos a rua em frente ao Centro de Eventos e o próprio local com bolas, redes, taças e, principalmente, as cores do Brasil”, adianta Eudez. 

Durante o evento, 16 bonecos gigantes estarão espalhados no meio do público. “Seis deles serão de personagens folclóricos de Brusque. Fazemos isso para identificar o nosso Carnaval para que ele não seja, apenas, a cópia de outras culturas. Respeitamos todas, mas é importante ter a nossa própria identidade”, destaca a superintendente.

No ano passado, oito blocos se inscreveram para a festa. Neste ano, as inscrições serão abertas em breve. Interessados devem ir à Secretaria de Cultura ou ligar para lá, pelo telefone 3396-8113. 


Personagens folclóricos de Brusque serão representados por bonecos gigantes

João Bugre – Índio que viveu na época da colonização de Brusque. Foi adotado por uma família tradicional da cidade e se tornou jogador de futebol amador

Bertilha do acordeom – Famosa personagem de Brusque que toca acordeom há 60 anos. Bertilha Moritz aprendeu a tocar o instrumento em apenas três dias, com apenas seis anos de idade. Desde então, nunca parou de fazer música.

Aldo Krieger – Grande maestro que deixou seu nome gravado na história da música de Brusque e do estado.

Mário Gallassini – Figura folclórica na cidade. Conhecia e conversava com todo mundo e alegrava as pessoas com suas caretas. Participou de um programa do Silvio Santos, onde comeu um X-salada com uma única mordida.

Ginoca – Morador famoso do bairro Jardim Maluche. Fazia parte de uma das primeiras famílias negras de Brusque. Andava pela cidade de carroça e era querido por todos.

Timbé – Mais um folclórico morador de Brusque. Muito conhecido, andava por toda a cidade com o seu jeito simples.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio