Carreata de São Cristóvão resgata os 50 anos da Festa dos Motoristas do Aymoré, em Guabiruba

Imagem do padroeiro, que há anos não saía da capela, conduziu os motoristas durante o trajeto

Carreata de São Cristóvão resgata os 50 anos da Festa dos Motoristas do Aymoré, em Guabiruba

Imagem do padroeiro, que há anos não saía da capela, conduziu os motoristas durante o trajeto

Com o lema “Fazer menção ao passado é um gesto de gratidão”, a Festa dos Motoristas da Capela São Cristóvão, no Aymoré, em Guabiruba, celebrou 50 anos neste fim de semana.

O momento mais tradicional do evento, a carreata em homenagem ao padroeiro, reuniu centenas de pessoas. A imagem saiu da frente da Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Centro, e seguiu até o Aymoré.

Esculpida em 1976 por Gotfredo Thaler, de Treze Tílias, a imagem de mais de 2 metros, esteve à frente dos motoristas, no caminhão do empresário Amilton Luiz Cardoso, 58 anos. Há anos a imagem não saía de dentro da capela. Já o veículo, ano 1949, foi comprado em 2006 exclusivamente para o evento.

Thomas Evandro Nuss, 40, membro da organização, conta que o evento deste ano resgata momentos marcantes das cinco décadas. Por isso, dois caminhões foram destinados a levarem as pessoas que participaram da diretoria ao longo de todos esses anos.

A carreata contou com cerca de 600 veículos, desde caminhões, carros e motocicletas, que receberam a bênção do padre, que seguiu junto o trajeto. O santo foi carregado, desta vez, por Cardoso, depois de nove anos.

Em 1986 foi a primeira vez que teve a oportunidade de levar a imagem na carreata e, durante os anos, pôde fazer por mais seis vezes. “É uma vida de dedicação, que a gente ganha em dobro pelo que faz pela comunidade”, afirma.

Desde a primeira vez em que carregou o santo, Cardoso se tornou o responsável por organizar e escolher o próximo a conduzir o padroeiro. Ele revela que tem uma lista de espera até 2023. “O que marcou em 2010 levará o santo no ano que vem”.

O empresário, proprietário da transportadora Trans Amilpe levou para o evento parte de sua frota de caminhões, em torno de 30. “Alguns que estão aqui participarão da festa e já sairão para viajar ainda hoje [ontem]”.

O caminhoneiro Dirson Becker, 33, participou da carreata acompanhado da esposa Cristina Girelli, 34, e das filhas Maria Eduarda, 16, e Nicolli, 2. Ele conta que é motorista há 10 anos e sempre foi bastante devoto ao santo. “Além de trazer o caminhão da empresa para o evento, participo com toda a família”, diz.

Edeltrudes Odisi, 78, não viu problema algum em ter que levantar cedinho no domingo para participar da carreata. Acompanhada da família, ela estava empolgada por participar pela primeira vez do evento.

Memórias guardadas
O primeiro festeiro da paróquia de São Cristóvão, Nelson Tridapalli, 80 anos, não perde uma carreata sequer. “Desde a primeira festa eu sempre venho na carreata também, agora com meu carro. São Cristóvão sempre foi o meu protetor”, conta.

Para ele, é uma alegria imensa estar presente nesta data tão significante para a comunidade. “Não é qualquer um que tem o privilégio de acompanhar esses 50 anos”, diz.

Aguinaldo Luiz Kormann, 44, lembra que foi por meio da carreata que iniciou a vida como motorista, com 12 anos de idade. “Naquela época já sabia dirigir e meu pai deixou eu levar o caminhão na carreata, desde então nunca mais deixei de participar”.

Inclusive, ele conta que na noite anterior estava no show do padre Fábio de Melo, em Curitiba (PR), e voltou ainda de madrugada para Guabiruba para participar do evento. “É uma bênção para a gente que sempre está na estrada, e além disso, agradecer também é muito importante”.

O vereador Paulo Ricardo Gums, 26, teve o prazer de subir no caminhão da diretoria da festa. Ele foi membro entre 2014 e 2015. “É uma experiência legal e um reconhecimento das pessoas que fizeram parte de todas as diretorias”. Ele conta que a festa do padroeiro é a mais importante de sua vida, pois cresceu acompanhando os pais, que também fizeram parte das diretorias.

A carreata terminou em frente à capela do Aymoré. Na sequência, as pessoas participaram da festa. Outro destaque foi o show nacional da dupla Teodoro & Sampaio, ontem à tarde.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio