Casa é atingida por deslizamento após temporal em Brusque

Defesa Civil atendeu nove ocorrências, sendo dois deslizamentos

Casa é atingida por deslizamento após temporal em Brusque

Defesa Civil atendeu nove ocorrências, sendo dois deslizamentos

A tempestade que atingiu Brusque na quinta-feira, 17, provocou dois deslizamentos, um deles em uma residência no Bateas. A Defesa Civil contabilizou nove ocorrências ao todo relacionadas à chuva.

De acordo com dados da Defesa Civil do município, o local onde mais choveu foi no bairro São Pedro, com 59,2 milímetros. O Guarani também foi bastante atingido, com 54 mm de chuva.

A forte chuva encharcou o solo e provocou o deslizamento no Bateas. De acordo com Carlos Alexandre Reis, diretor da Defesa Civil de Brusque, ninguém se feriu nem a casa, que é de madeira, precisou ser interditada.

“Teve o deslizamento do muro, que encostou na parede da casa, mas causar danos estruturais que comprometessem a residência”, explica Reis. Com o peso do muro, a garagem cedeu, mas o carro já havia sido retirado, portanto, não houve prejuízo.

O outro deslizamento aconteceu no pátio de uma empresa entre a rua Itajaí e a rodovia Antônio Heil. O pavimento se rompeu e atingiu também o muro, mas não houve danos graves.

Os altos volumes de chuva também provocaram duas quedas de árvores. Além disso, foram cinco pontos de alagamento: dois na rua Hercílio Luz, um na rua General Osório, um no bairro Jardim Maluche, perto da escola Dom João Becker e um na travessa Dom Joaquim.

Acúmulo de chuvas
Dom Joaquim – 41mm
Guarani – 54mm
Limeira Baixa – 52mm
Limeira Alta – 34mm
Bateas – 28mm
Azambuja – 26mm
São Pedro – 59,2mm
Volta Grande – 33mm

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio