Casal de Guabiruba completa 70 anos de casados

Ambrósio e Ignês Reichert casaram em 22 de novembro de 1947 e construíram uma grande família

Casal de Guabiruba completa 70 anos de casados

Ambrósio e Ignês Reichert casaram em 22 de novembro de 1947 e construíram uma grande família

Uma história de amor que vai completar 70 anos. Neste mês de novembro, o casal Ambrósio, 95, e Ignês Reichert, 90, comemoram 70 anos de casados, as chamadas Bodas de Vinho.

Casal se conheceu em uma tarde dançante, namorou por dois anos e se casou | Foto: Arquivo pessoal

Os dois oficializaram a união no dia 22 de novembro de 1947. Ele, com 26 anos, e ela com 20. Desde então, os dois permanecem juntos e são exemplo de união e cumplicidade para a família e os amigos.

Ambrósio e Ignês se conheceram em uma tarde dançante, namoraram por dois anos e decidiram se casar. Foram morar no bairro Aymoré, em Guabiruba, que naquela época pertencia a Brusque e, até hoje, vivem na mesma casa.

O casal sempre viveu com muita simplicidade. Cultivavam sua lavoura e plantação de fumo e, para ajudar nas despesas, Ignês costurava a própria roupa e a dos filhos.

Sempre muito unidos, o casal construiu uma grande família ao longo desses 70 anos: 14 filhos – dois já falecidos – 34 netos, 20 bisnetos e uma tataraneta. Os frutos da longa e rara união se orgulham e levam a relação de Ambrósio e Ignês como exemplo de vida.

Ambrósio diz que, ao lado da companheira, sempre buscou manter a família unida, passando sempre bons ensinamentos aos filhos e, principalmente, com muito respeito, o que considera um dos segredos para a relação tão duradoura.

O casal vai comemorar a data ao lado da família e amigos no dia 25 de novembro, com uma celebração de ação de graças na igreja São Cristóvão, no Aymoré, e em seguida, com uma festa no salão da igreja.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio