Casos de excesso de velocidade diminuem na BR-101

Mais de 30 radares foram instalados entre Palhoça e Joinville

Casos de excesso de velocidade diminuem na BR-101

Mais de 30 radares foram instalados entre Palhoça e Joinville

As violações por excesso de velocidade na BR-101 e nas vias marginais no trecho entre Palhoça e Joinville caíram depois que os 32 radares instalados pela Autopista Litoral Sul e operados pela Polícia Rodoviária Federal começaram a autuar os motoristas.

Antes havia uma média de 30 mil a 35 mil notificações, cerca de mil multas por dia. Mas logo no primeiro dia – na segunda-feira, 17 – foram apenas 318 notificações. Ao todo são oito radares na pista principal da BR-101, sendo um em Palhoça, quatro em São José, um em Itapema e dois em Joinville, e 24 nas vias marginais, sete em Palhoça, nove em São José, três em Biguaçu, dois em Itapema e três em Itajaí.

Os radares da faixa principal multam veículos que ultrapassam 80 km/h, exceto o equipamento instalado na descida Sul do Morro do Boi, entre Balneário Camboriú e Itapema, cuja velocidade máxima é 60 km/h. Nas vias marginas os radares variam entre 40 km/h e 60 km/h. “Os radares de 40 km/h estão localizados nos pontos mais críticos, que tem fluxo muito grande, com veículos mudando de faixa (entrando ou saindo da BR-101) e passagem de pedestres”, explicou Luiz Graziano, chefe de comunicação da Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio