Catarinão chega a sua 89ª edição com vários postulantes ao título da competição

O confronto entre Brusque e Figueirense abre o campeonato no sábado, 25 de janeiro

Catarinão chega a sua 89ª edição com vários postulantes ao título da competição

O confronto entre Brusque e Figueirense abre o campeonato no sábado, 25 de janeiro

Quando Brusque e Figueirense entrarem no gramado do Orlando Scarpelli, neste sábado, 25 de janeiro, as emoções da 89ª edição do Catarinense estarão começando. Até hoje, 24 equipes de 11 cidades diferentes já foram foram campeões da competição – considerada uma das mais equilibradas do país.

Criciúma, Chapecoense e Figueirense, representantes catarinenses na Série A, surgem como principais favoritos este ano, enquanto equipes de menor porte como Brusque, Metropolitano e Marcílio Dias tentam surpreender.

Bolão MDD

O confronto entre Brusque e Figueirense abre a competição no sábado, 25. A equipe da Capital vai forte para tentar o seu 16º título estadual, já o Marreco sonha alto e quer aproveitar a pré-temporada maior para beliscar uma vaga no quadrangular final.

Além da partida entre Brusque e Figueira, outros quatro jogos estão programados. Ainda no sábado,  25, o Juventus tenta largar com vitória no João Marcatto diante da Chapecoense, que vem embalada após o acesso para a Série A do Brasileirão. Os times duelam às 19h30.
A rodada

As demais partidas da primeira rodada do estadual serão todas no domingo, 26. Os jogos começam às 17h. O Criciúma, atual campeão, tem logo de cara um clássico pela frente. O Tigre vai à Arena encarar o Joinville. Diferente do adversário, o Jec não vence a competição desde 2001 e entra no campeonato pressionado para quebrar o jejum que já dura 12 anos.

O Marcílio Dias, que assim como o Brusque retorna à elite nesta temporada, enfrenta o Metropolitano no estádio Doutor Hercílio Luz. Enquanto o Metrô já entra com a vaga garantida na Série D em razão do vice-campeonato da Copa SC, o Marinheiro trabalha para garantir a outra vaga catarinense na competição.

Avaí e Atlético de Ibirama se encontram no estádio da Baixada, onde o time mandante costuma ter bom desempenho diante das equipes grandes. Sem o Metropolitano pelo caminho, o time do Alto Vale do Itajaí confia no retrospecto positivo em casa para conquistar a cobiçada vaga na Série D. No Leão, o principal objetivo é apagar a má impressão da temporada passada, quando o time foi eliminado nas semifinais do estadual.


>> Leia matéria completa na edição do Jornal Município Dia a Dia de sexta-feira, 25 de janeiro

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio