CDL, ACIBr e Sindilojas solicitam plantão pediátrico em Brusque

Ofício foi entregue ao presidente do Conselho Municipal de Saúde (Comusa), dr. Gustavo Gumz Correia

CDL, ACIBr e Sindilojas solicitam plantão pediátrico em Brusque

Ofício foi entregue ao presidente do Conselho Municipal de Saúde (Comusa), dr. Gustavo Gumz Correia

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque – CDL Brusque, a Associação Empresarial (ACIBr) e o Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Brusque, Botuverá e Guabiruba (Sindilojas), entregaram na manhã de quarta-feira, 31 de maio, um ofício ao presidente do Conselho Municipal de Saúde (Comusa), dr. Gustavo Gumz Correia. A entrega foi feita pelo presidente da CDL, Michel Belli.

O documento solicita apoio do Conselho para que seja instalado em Brusque um plantão pediátrico. De acordo com o ofício, a Resolução do Conselho Federal de Medicina, nº 1.671/2003, regulamenta e normatiza as condições necessárias para o pleno e adequado funcionamento dos serviços pré-hospitalares e o atendimento pediátrico prestados à população, a fim de que neles seja efetivo o desempenho ético profissional da medicina.

Além disso, no parecer nº 019/1993 do Conselho Federal é mencionada a obrigatoriedade do plantão de urgência e emergência pediátrica, o que não vem ocorrendo na cidade.

“Por ser um órgão deliberativo, esperamos que o Comusa possa resolver essa solicitação das entidades. Estamos enaltecendo o que diz a resolução e precisamos que seja implantado um plantão pediátrico com urgência, já que esse problema não afeta somente a população de Brusque, mas também de Guabiruba, Botuverá, Vidal Ramos, e demais municípios, que somam mais de 150 mil habitantes sem um plantão pediátrico. Isso é inadmissível. Está na hora de fazer algo com medida de urgência e instalar o plantão pediátrico em Brusque”, declara Belli.

Outra questão defendida pelas entidades é que caso não haja especialistas disponíveis para o atendimento em Brusque, que sejam contratados de outras cidades. A necessidade de plantão pediátrico 24 horas em Brusque também esteve em pauta na sessão da Câmara de Vereadores esta semana.

Para o presidente do Sindilojas, Marcelo Gevaerd, as expectativas são de que a união de forças em prol do assunto possa trazer resultados positivos. “É inaceitável Brusque não ter um plantão pediátrico. Temos certeza que o Comusa irá atender à solicitação e esperamos que nos próximos dias possamos ter boas notícias sobre isso”.

Da mesma forma o presidente da ACIBr, Halisson Habitzreuter, reforça o pleito das entidades pelo serviço em Brusque. Segundo ele, é uma necessidade de toda população, que se vê obrigada a levar seus filhos a outras cidades quando estão doentes, por falta de um plantão de pediatria.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio