Celebrações de Quarta-Feira de Cinzas marcam o início da Quaresma

Data marca o início da Campanha da Fraternidade; saiba os horários das missas em Brusque e Guabiruba

Celebrações de Quarta-Feira de Cinzas marcam o início da Quaresma

Data marca o início da Campanha da Fraternidade; saiba os horários das missas em Brusque e Guabiruba

Nesta quarta-feira, 14, as igrejas católicas realizam as missas de Quarta-Feira de Cinzas. A celebração marca o início da Quaresma, período de recolhimento e de preparação para a Páscoa, e da Campanha da Fraternidade 2018.

Segundo a tradição católica, a Quaresma lembra os 40 dias que Jesus esteve no deserto em oração, sem se alimentar e resistindo às tentações. “A Quarta-Feira foi instituída há muito tempo na igreja. Os judeus sentavam-se sobre as cinzas já como forma de arrependimento dos pecados. Trazendo isso para os dias atuais, as cinzas lembram nossa fragilidade, nossa limitação, lembrando que do pó nós viemos e ao pó voltaremos”, diz o pároco da Igreja Matriz São Luís Gonzaga, Magnos Baron Caneppele.

A celebração da imposição das cinzas tem um grande significado para os cristãos. De acordo com padre Magnos, as cinzas utilizadas provêm da queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior.

Com as cinzas úmidas, o padre, então, marca a testa ou a cabeça de cada fiel, pronunciando uma dessas frases: “Lembra-te que és pó e que ao pó voltarás” ou “Convertei-vos e crede no Evangelho”.

Tempo de jejum, oração e caridade
Padre Magnos lembra que no período da Quaresma, iniciado hoje, a igreja recomenda aos fiéis viver o jejum, a oração e a caridade, características marcantes deste tempo. “Com a oração chegamos até Deus e conseguimos as nossas graças”, diz.

Na Quarta-Feira de Cinzas, a igreja recomenda a abstenção do consumo da carne vermelha, como forma de controle dos instintos.

“O jejum tem um sentido bonito. A igreja pede que os fiéis se abstenham de algum alimento para que se consiga controlar o instinto do nosso corpo, nossa vontade. Controlando isso, conseguimos controlar qualquer situação na nossa vida. O jejum é um exercício espiritual”.

O padre, entretanto, lembra que idosos, crianças e pessoas com problemas de saúde estão liberados do jejum.

Campanha da Fraternidade
Juntamente com a Quaresma, a igreja inicia a Campanha da Fraternidade, que neste ano, tem como tema “Fraternidade e Superação da Violência” e lema “Em Cristo somos todos irmãos” (Mt 23, 8).

A escolha se dá devido ao crescimento dos índices de violência no país e para chamar a atenção para a necessidade de superação não só da violência física, mas da violência psicológica e espiritual. “Por meio da campanha, a igreja pede para que sejamos promotores da paz, do diálogo e da tolerância, diante de um mundo tão violento no qual estamos vivendo”, destaca padre Magnos.

Horários das celebrações

Quarta-feira, 14

6h e 19h
Santuário de Azambuja
Paróquia Santa Catarina
Paróquia Santa Terezinha

7h
Matriz São Luís Gonzaga

19h
Matriz São Luís Gonzaga
Comunidade Cristo Rei
Comunidade Nossa Senhora Aparecida
Comunidade Nossa Senhora de Fátima
Comunidade Nossa Senhora de Lourdes
Comunidade Santa Rita de Cássia
Comunidade Santo Antônio
Comunidade São João Batista  

19h30
Comunidade Sagrado Coração de Jesus

Quinta-feira, 15

19h
Comunidade São Francisco de Assis

Sábado, 17

17h30
Comunidade São José (Primeiro de Maio)

19h15
Comunidade Santa Paulina

Guabiruba

Quarta-feira, 14

6h e 19h
Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

19h
Comunidades Nossa Senhora Aparecida, São Pedro e São Cristóvão (Guabiruba)

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio