Cerca de 150 profissionais de todo o Brasil trabalham na cobertura do jogo entre Brusque e Corinthians

Cinco canais de televisão e cerca de dez rádios foram credenciadas para transmissão

Cerca de 150 profissionais de todo o Brasil trabalham na cobertura do jogo entre Brusque e Corinthians

Cinco canais de televisão e cerca de dez rádios foram credenciadas para transmissão

Segundo a assessoria de comunicação do Brusque, mais de 150 profissionais de imprensa foram credenciados para trabalhar na partida desta noite, contra o Corinthians, no estádio Augusto Bauer, às 21h45.

Esses profissionais estão divididos nas mais diversas áreas: rádio, TV, imprensa escrita e internet. A maior parte, contudo, trabalha na televisão.

 Geber Vieira, coordenador de transmissões da Rede Globo, organiza as câmeras que captarão as imagens / Foto: Marcelo Reis
Geber Vieira, coordenador de transmissões da Rede Globo, organiza as câmeras que captarão as imagens / Foto: Marcelo Reis

Cinco equipes de TV estão credenciadas: Globo, Sportv, ESPN, Fox Sports e TV UOL. Só da Globo são 48 profissionais credenciados. Cerca de dez rádios também credenciaram profissionais para trabalhar no jogo. Outros 20 fotógrafos irão trabalhar à beira do gramado.
Somente da Globo e da Fox Sports vieram até Brusque oito caminhões com equipamentos.

Preparativos na véspera

Na tarde de ontem, véspera da partida, diversos profissionais já trabalhavam na montagem dos equipamentos necessários à cobertura do jogo. Caminhões carregados com câmeras, cabos e microfones estavam estacionados ao lado do gramado.

Nas cabines, equipes de rádio e televisão já montavam a estrutura necessária para transmitirem o jogo. Um dos profissionais a trabalhar no Augusto Bauer ontem à tarde, sob forte calor, é Geber Vieira.

Contratado da Rede Globo, ele é o coordenador de transmissão na emissora, função que exerce há 25 anos. Ele será o responsável pelas imagens que chegarão aos telespectadores na noite desta quarta-feira, 1.

Vieira explica que são 12 câmeras fixas para a transmissão, e mais duas móveis. Algumas são operadas remotamente, outras precisam de um cinegrafista.

O repórter Fernando Caetano, do Fox Sports, entrou ao vivo na tarde de ontem para repassar informações sobre o jogo / Foto: Marcelo Reis
O repórter Fernando Caetano, do Fox Sports, entrou ao vivo na tarde de ontem para repassar informações sobre o jogo / Foto: Marcelo Reis

Organização

Os profissionais de imprensa terão que se apertar no espaço a eles reservados. O Augusto Bauer tem apenas oito cabines de imprensa, e a prioridade é para equipes de TV, sobretudo as detentoras dos direitos de transmissão.

Veículos que fazem transmissão ao vivo tiveram prioridade no credenciamento, assim como os que já acompanham o time regularmente.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio