Cerca de 20 bancários devem aderir à aposentadoria incentivada na região

No país inteiro, o Banco do Brasil prevê adesão de cerca de cinco mil funcionários

Cerca de 20 bancários devem aderir à aposentadoria incentivada na região

No país inteiro, o Banco do Brasil prevê adesão de cerca de cinco mil funcionários

Com os fechamentos de 31 superintendências regionais e 402 agências, o Banco do Brasil também reduzirá o quadro de funcionários em todo o país. Para isso, uma das medidas adotadas será o incentivo à aposentadoria. Apenas em Brusque e na região, cerca de 20 bancários devem aderir a essa modalidade.

Quem afirma é o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Bancários de Brusque e Região (Seeb), Mário Dada. Ele explica que o banco não obrigará os funcionários a aderirem à aposentadoria, porém, dará incentivos que podem chegar até a 15 salários.

“Eles dão um incentivo e convidam a sair. Isso acontecerá em Brusque e em todo o resto do país e será dado para quem já está aposentado e para quem vai se aposentar até o dia 31 de dezembro”, afirma.

Dada também diz que nenhum funcionário será demitido. No entanto, quanto ao descomissionamento e à retirada de função, caberá à própria gestão das agências definir. Ele acrescenta que não há como o sindicato interferir.

“Todo mundo vai ter que se adequar, algumas funções vão ser retiradas, alguns cargos vão desaparecer. Nós podemos e vamos resguardar o direito de todos os funcionários, vamos estar preparados para ampará-los”, argumenta.

Ainda de acordo com Dada, a agência de Botuverá se transformará em posto de serviço. Em agências que acontecerá isso, explica, o número de caixas será reduzido pela metade. A transição em todo o Brasil deverá ocorrer durante os meses de dezembro e janeiro.

“O grande prejudicado disso tudo é a população. Cada vez mais o povo vai ficar na fila, principalmente na área de caixa”, diz.

Outros bancos

Além das mudanças no Branco do Brasil, Dada diz que a Caixa Econômica Federal também deverá sofrer alterações. A previsão é de que 100 agências sejam fechadas e cerca de 11 mil funcionários sejam retirados em 2017 em todo o país.

Outro banco que também deverá demitir é o Bradesco. Incorporado ao HSBC, o banco deverá dispensar média de 10 mil funcionários. As demissões, explica Dada, iniciaram na sexta-feira passada, 25. Em Brusque, até o momento, um bancário foi demitido.

“Isso é bastante preocupante se realmente acontecer. Todos os serviços vão migrar para o virtual, para as lotéricas e para terceirizadas. Se atualmente o atendimento bancário já é precário nos caixas, vai ficar muito mais”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio