Chuvas do fim do ano causaram 41 novos pontos impróprios para banho

Conforme o mais recente relatório da Fatma, 60% dos pontos analisados apresentam balneabilidade aceitável

Chuvas do fim do ano causaram 41 novos pontos impróprios para banho

Conforme o mais recente relatório da Fatma, 60% dos pontos analisados apresentam balneabilidade aceitável

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) publicou nesta sexta-feira, 5, o primeiro relatório de balneabilidade das praias de 2018, que indica 60% dos pontos analisados como próprios para banho. As chuvas da última semana de 2017 são a principal causa da diminuição destes pontos. No levantamento anterior, divulgado em 21 de dezembro, os pontos próprios para banho chegaram a 77,7%.

Em relação ao último relatório, 41 pontos em toda a costa de Santa Catarina passaram a ser impróprios para banho, enquanto apenas dois se tornaram próprios. Apesar dos maus resultados, a tendência é de melhora nos próximos dias: “É uma situação pontual. Vínhamos de um período de seca e que recebeu uma grande quantidade de água das chuvas. Tudo o que estava acumulado foi parar no mar. Nos próximos dias, com a melhora do tempo, a tendência é que a situação melhore”, explica o gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental, Oscar João Vasquez Filho.

A Fatma recomenda que, em caso de enxurradas, os banhistas evitem o banho de mar em locais de saídas de rios e águas pluviais por 24 horas. Além disso, é importante estar atento ao histórico dos locais: quanto mais tempo próprio para banho, menor a chance de estar contaminado rapidamente.

A partir desta terça-feira, 9, novas análises parciais estarão disponíveis em relatórios semanais.

O relatório completo está disponível aqui e no aplicativo Praias SC, disponível para Android.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio