Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Cidades comemoram títulos nos Jasc com atletas sem vínculo local

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Cidades comemoram títulos nos Jasc com atletas sem vínculo local

Descrédito

Raul Sartori

Falsos campeões
Algumas cidades de SC fazem comemorações diante das primeiras posições conseguidas nos Jogos Abertos de SC, em Lages, mas sem que a maioria dos seus munícipes saiba que há algo que não reluz entre pódios de ouro, prata e bronze. Apenas para citar um dentre talvez centenas de exemplos, e mesmo porque perguntar não ofende: Caçador seria campeão na concorrida bocha masculina se não contasse com o gaúcho Ildemar, o melhor do país, pago especialmente para disputar a competição e sem ter vínculo esportivo com a cidade? Ainda bem que uma lei recentemente sancionada vai acabar com essa malandragem a partir de 2018.

Descrédito
Estressa cada vez mais se tentar acreditar nas instituições públicas. O exemplo do momento: o plenário da Assembleia Legislativa convalida o nome do jovem deputado José Nei Ascari (PSD) como novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, no lugar de Júlio Garcia, que resolveu pedir aposentadoria antecipada para retornar à vida política. A questão não é quanto as pessoas em si, mas sim à forma nada republicana como o governador Raimundo Colombo encaminhou tão importante assunto, praticamente de um dia para outro, porém tudo cuidadosamente conchavado. Mais um fato para consolidar a imagem de que tribunal de contas é, na realidade brasileira, tribunal faz-de-conta.

Campanha antecipada
Se lei vale alguma coisa, o pré-candidato à Presidência da República, deputado Jair Bolsonaro, pode ter problemas sérios à frente, fazendo campanha antecipada, como ficou evidente em vistoso outdoor, ontem, no centro de Tubarão. Alô, Tribunal Regional Eleitoral.

Mão pesada
Na elevação em mais 14 anos de prisão – de 10 para 24 – decidida terça-feira, para o corrupto ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, a mídia destacou mais uma vez a figura do catarinense de Joaçaba Victor Laus, 54 anos. Formado em Direito pela UFSC e no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (Porto Alegre) desde 2003, deixou entrever sua fama de rigoroso e detalhista. No caso, ele e mais dois colegas aumentaram inicialmente a pena dada pelo juiz Sérgio Moro com base no chamado “concurso material” de crimes, ou seja, delitos da mesma natureza que deixam de ser considerados como um só e passam a ser somados. Nos julgamentos anteriores haviam votado por absolver o ex-tesoureiro.

Catarinense informado
O “Atlas da Notícia”, estudo realizado pelo Instituto para o Desenvolvimento de Jornalismo, da Universidade Estadual de Campinas, e pelo Observatório da Imprensa, publicado ontem, revela que o catarinense só não é bem informado se não quer. SC tem 547 jornais ou sites noticiosos, o que dá a média de 6,8 veículos para cada 100 mil habitantes, a melhor do Brasil. As duas cidades com maior proporção entre jornais e sites noticiosos em relação à população são Florianópolis (16,8) e Balneário Camboriú, 13 para cada 100 mil habitantes. Na outra ponta estão 70 milhões de brasileiros – cerca de 35% da população – que vivem em áreas sem a presença de um jornal ou de um site de notícias local.

Patrocínio
A Havan investe mesmo no patrocínio esportivo, em especial no futebol. O mais recente é o Clube Atlético Paranaense, até o final de 2018, com a marca estampada nas mangas das camisas oficiais de jogo e treino. A estreia do novo patrocínio foi ontem à noite, contra o Corinthians, em Curitiba.

Para sempre
O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, assinou ontem lei que permite o sepultamento de animais domésticos em campas e jazigos da família em cemitérios públicos e particulares. Trata-se da primeira lei brasileira do gênero e se destina prioritariamente a cães e gatos de estimação. As cidades do Rio de Janeiro e Blumenau tentaram passar iniciativa parecida mas foi vetada por seus prefeitos. Anteontem, na Câmara dos Deputados, a Comissão de Desenvolvimento Urbano rejeitou projeto idêntico, sob entendimento de que o assunto é de competência municipal.

Assédio
Um dos debates mais esperados no 13º Encontro Nacional de Praças, que vai até amanhã em Florianópolis, envolve a violência e o assédio contra mulher, em especial nas instituições de segurança pública. Um levantamento oficial aponta que 47,8% das 13 mil policiais e agentes de segurança pública de todo o país já vivenciaram pessoalmente, em seu ambiente de trabalho, comentários inapropriados ou sexuais sobre a sua aparência física, diferenças cognitivas com homens ou outras piadas de caráter sexual.

DETALHES
Quem nunca foi, deve ir, e quem já foi sempre vai se encantar com a Festa das Flores, em Joinville, cuja 79ª edição inicia terça-feira, 14, e vai até dia 19, no Complexo Expoville. No primeiro dia a entrada será gratuita e nos demais R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Menores de 10 anos e maiores de 60 anos não pagam.

Do suplente de deputado federal Edinho Bez (PMDB-SC) que é totalmente contra a proposta de mudar o nome do partido para MDB: “Não vai resolver nada; o que precisa é que se crie vergonha”.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio