Cinquenta bombeiros comunitários atuam no Corpo de Bombeiros de Brusque

Por enquanto, não há previsão de início de novos cursos no município

Cinquenta bombeiros comunitários atuam no Corpo de Bombeiros de Brusque

Por enquanto, não há previsão de início de novos cursos no município

O Corpo de Bombeiros de Brusque conta atualmente com 50 bombeiros comunitários ativos que prestam serviço voluntário na corporação.

O programa foi instituído a nível estadual em 1999 para que pessoas da comunidade pudessem receber treinamento e, assim, agirem em seu local de residência, trabalho ou na rua, em caso de emergência. Além disso, também é possível a prestação do serviço junto às guarnições de bombeiros militares, com auxílio nas ocorrências.

Podem participar do programa de bombeiro comunitário, homens ou mulheres com, no mínimo, 18 anos, 2º grau completo e que estejam em dia com as obrigações civis e militares.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Brusque, capitão Hugo Manfrin Dallossi, explica que antes existia o curso de formação de bombeiro comunitário, entretanto, há alguns anos, a estruturação mudou e agora existem dois cursos: o Curso Básico de Atendimento a Emergências (CBAE) e o Curso Avançado de Atendimento a Emergências (CAAE).

O primeiro é destinado a repassar apenas conhecimentos básicos, já o segundo tem como requisito ter concluído o curso básico e conta também com uma carga horária maior, inclusive com estágio nas viaturas.

O estágio é uma das fases mais importantes do curso porque o participante se depara com situações reais e, além disso, adquire uma condição psicológica para agir corretamente quando se deparar com uma situação emergencial, o que permite que ele tome ações iniciais que poderão evitar ou minimizar as consequências de um acidente ou incêndio.

“Após o fim do CAAE, o concluinte pode se tornar um bombeiro comunitário e trabalhar voluntariamente como auxiliar de nossas guarnições”, destaca o comandante.

No ano passado, o Corpo de Bombeiros de Brusque formou uma turma no curso avançado, já em 2016, houve a conclusão de duas turmas do curso básico. Atualmente, em torno de 350 bombeiros comunitários já se formaram em Brusque.

Manfrin destaca que ainda não há previsão de início de novas turmas do curso no município.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio