Conteúdo exclusivo para assinantes

Clima instável prejudica produção de mel na região de Brusque

Expectativa é que a produção fique abaixo do ano passado

Clima instável prejudica produção de mel na região de Brusque

Expectativa é que a produção fique abaixo do ano passado

A produção de mel na região da Associação de Apicultores de Botuverá (Apibo), que engloba também Brusque, Guabiruba e Nova Trento, deve ficar abaixo do registrado em 2016. A instabilidade do clima impactou negativamente a florada, o que, consequentemente, reduziu a produção do alimento.

A extração do mel começa nesta época e vai até o fim de janeiro. Embora não tenha terminado ainda, o presidente da Apibo, João Irineu Smaniotto, diz que, provavelmente, ficará abaixo das 40 toneladas da anterior.

“Tivemos reunião com os produtores em novembro, a expectativa não é boa”, afirma Smaniotto. Segundo ele, faltou chuva durante a primavera, período primordial para a florada.

“Nas partes mais altas, ainda estão produzindo mais”, diz o presidente da Apibo e apicultor. Já nas regiões mais baixas não há expectativa nenhuma de extração de mel.

Clima
O técnico da Epagri em Botuverá, Edgar Becker, explica que a instabilidade do clima neste ano foi preponderante para impactar a safra do mel.

“O tempo foi muito instável. Não tivemos inverno muito rigoroso, depois tivemos um período muito seco”, afirma o técnico da Epagri. Como o clima não foi o típico para cada época do ano, a floração não aconteceu como deveria.

A flor é parte importante na produção do mel. A abelha busca o néctar, que passa pelo seu aparelho digestivo. Por último, o néctar é devolvido na colmeia na forma de mel.

De acordo com o técnico da Epagri, há vários pequenos produtores de mel em Botuverá. Nenhum produz em grande escala industrial, porém, há um volume significativo.

A Epagri presta assessoria técnica aos produtores, sejam independentes ou associados à Apibo. A empresa de pesquisa fornece dados sobre clima, floração e conhecimentos específicos para quem pretende desenvolver qualquer atividade agropecuária, no caso, a apicultura.

A Apibo tem, inclusive, a marca Mel Grutas de Botuverá, comercializada em supermercados da região.

Segundo o presidente da Apibo, a associação reúne cerca de 50 apicultores dos quatro municípios.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio