Com a volta de Neguete, Brusque encara Tubarão na Copa Santa Catarina

Time pode terminar na liderança da competição caso vença e Joinville tropece

Com a volta de Neguete, Brusque encara Tubarão na Copa Santa Catarina

Time pode terminar na liderança da competição caso vença e Joinville tropece

Domingo, 22, é dia de decisão para o Brusque. O time enfrenta o Tubarão pela terceira rodada da Copa Santa Catarina, buscando sua primeira vitória na competição e, dependendo da combinação de resultados, ficar na liderança da Copinha. O jogo será em Tubarão, no estádio Domingos Gonzales, a partir das 17h.

A equipe do técnico Jersinho recebeu boa notícia no início da semana. O zagueiro Neguete retornou após a campanha campeã com o Concórdia, clube o qual o atleta estava emprestado. Ele já treinou normalmente e mostrou estar pronto para começar jogando. O volante Carlos Alberto também participou do trabalho desta quinta-feira, 20, e pode estar à disposição entre os reservas do quadricolor.

“Chego para agregar”
Neguete mal chegou e já vestiu o colete para treinar entre os titulares. Conhecido pela liderança – foi por muitas rodadas o capitão da equipe -, terá um papel não apenas tático ou técnico, mas também será um incentivador dentro de campo. “Eu chego para agregar. Venho de outro estilo de competição, mas sei que a Copa Santa Catarina está forte e com quatro equipes que buscam esse título”, explica.

Diante do Brusque estará o Tubarão, jogando na sua casa e para sua torcida. Neguete afirma que espera um jogo complicado no Domingos Gonzales. “Vai ser difícil, é uma equipe boa e entrosada que joga em seus domínios, mas temos que botar nosso ritmo e acreditarmos no nosso potencial para poder buscar o resultado positivo”.

Ex-colegas ‘do lado de lá’
O zagueiro Lucas Costa e o lateral Marcos Vinicius disputaram a Série D deste ano vestindo as cores do Brusque. A dupla, no entanto, estava emprestada pelo Tubarão, e desta vez estará do ‘lado de lá’. Nada que preocupe Neguete. “Sim, eles nos conhecem, mas quando o jogo começar isso vai ficar de fora. Temos atletas novos que eles não jogaram juntos, e isso pode fazer a diferença”, diz.

O técnico Jersinho tem a mesma opinião. “Hoje em dia no futebol todo mundo estuda todo mundo, isso acaba não sendo um diferencial. Além disso, naquele período da Série D eu apenas dei continuidade ao trabalho de Pingo, agora nós estamos com uma plataforma tática bem diferente”, diz.

O time
Jersinho treinou uma equipe que pode mudar dependendo da condição física de algumas peças. É o caso do atacante Wilson Junior, que sentiu desconforto na coxa e é dúvida na titularidade. Em seu lugar, Jefferson Renan ou Luizinho podem auxiliar, mas há possibilidade do retorno do atleta.

Segundo o técnico, a postura fora de casa será a mesma acompanhada na partida contra o Joinville. “Nosso sistema de jogo é sempre o mesmo. Na hora de atacar nós atacamos. Vamos em busca do resultado positivo. Claro que um empate não seria de todo ruim, porque teríamos uma sequência de duas partidas em casa, mas queremos os três pontos”, determina.

A possível escalação da partida é com Dida; João Carlos, Alyson, Neguete e Ronaell; Mineiro, Eurico, Carlos Magno (Adãozinho), Jean Dias e Wilson Junior (Luizinho); Edu.

Como vem o adversário
O Tubarão foi o único time até aqui a perder uma partida na competição. Na sequência, jogando em casa, empatou com o Inter de Lages. Isso colocou uma pressão enorme na atual comissão técnica do time do Sul do Estado e também no elenco, que não pode mais perder pontos em casa se ainda sonha com o título da Copinha. A principal mudança será no gol do Peixe: Neto Volpi lesionou e Gabriel será o titular da posição.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio