Conteúdo exclusivo para assinantes

Com dívida de quase R$ 100 milhões, Fábrica Renaux dá início ao processo de recuperação judicial da empresa

Dos 600 funcionários ativos em novembro do ano passado, apenas 320 permanecem trabalhando em janeiro de 2012

Com dívida de quase R$ 100 milhões, Fábrica Renaux dá início ao processo de recuperação judicial da empresa

Dos 600 funcionários ativos em novembro do ano passado, apenas 320 permanecem trabalhando em janeiro de 2012

Fábrica dispensou 150 funcionários

Com quase R$ 100 milhões de dívidas e 150 empregados dispensados, a Fábrica de Tecidos Carlos Renaux S/A tem mais 46 dias a partir desta terça-feira, 24, para apresentar seu plano de recuperação.

A solicitação de suspensão dos processos ao Poder Judiciário, através da Comarca de Brusque, foi realizada pela fábrica no dia 15 de dezembro de 2011. O pedido foi acatado, mas com o recesso de final de ano, a decisão oficial abrindo o processo foi publicada na Vara Comercial brusquense apenas em 10 de janeiro de 2012, dando 60 dias de prazo.

A indústria estuda formas e prazos para quitar os débitos, com levantamentos econômicos, financeiros e contábeis.

– Os credores têm prazo de três meses para analisar a proposta, e aí será marcada uma assembleia para decidir sobre a aprovação do plano – informa o advogado da Renaux, responsável pela ação, Julio Max Manske.

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Fiação e Tecelagem de Brusque (Sintrafite) lamenta a situação enfrentada pelos funcionários, que ainda não receberam todos os seus direitos trabalhistas. Dos 600 funcionários ativos em novembro do ano passado, apenas 320 permanecem trabalhando em janeiro de 2012.

**Leia a matéria completa, com depoimentos de todos os envolvidos, na edição impressa do Jornal Município desta quinta-feira, 26.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio