Com falhas na rede via rádio, Botuverá terá acesso à internet por satélite

Convênio com o governo federal foi assinado em Brasília nesta semana

Com falhas na rede via rádio, Botuverá terá acesso à internet por satélite

Convênio com o governo federal foi assinado em Brasília nesta semana

O município de Botuverá aderiu ao programa federal Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), que oferece conexão à internet e será disponibilizado para a população. O programa consiste na instalação de antenas que terão o custo com energia elétrica bancados pelo município.

O termo de adesão foi assinado na segunda-feira, 12, em Brasília (DF), pelo prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi, o Nene.

Comunidades como Centro e Lageado Baixo já possuíam a conexão à internet via rádio, que apresenta diversas falhas e interferências. No termo de adesão, estão inclusas localidades como Lageado, Pedras Grandes, Ribeirão do Ouro, Ribeirão Porto Franco, Ourinho, Sessenta, Vargem Grande, Chapadão Figueira, Águas Negras e Areia Baixa.

“As antenas serão instaladas, e as operadoras farão uso da estrutura para vender a conexão à internet via satélite para as pessoas. Este novo convênio vem para completar os projetos de internet do município”, explica Nene Colombi.

O Gesac é um programa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que “atende comunidades em estado de vulnerabilidade social, em todo o Brasil, que não têm outro meio de serem inseridas no mundo das tecnologias da informação e comunicação.”

Características
Mais estável que a internet via rádio, a internet via satélite é um método de acesso que permite altas taxas de transferência de dados e possui abrangência mundial. É bastante utilizada em lugares onde a internet convencional não funciona. Por outro lado, é bastante afetada por condições meteorológicas e interferências físicas entre antena e satélite.

Fibra ótica
No início do ano, Botuverá também iniciou o projeto de acesso à internet de fibra ótica, após a empresa Unifique ter vencido a licitação para executar o serviço. As instalações se estenderam entre os bairros Águas Negras e Ourinho, próximo ao Parque das Grutas.

Inicialmente, o projeto deverá interligar os órgãos públicos municipais e, na sequência, será feito um acordo com empresas locais. O investimento total da prefeitura é de aproximadamente R$ 50 mil e as obras deverão ficar prontas entre fevereiro e março.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio