Com fechamento do Catarinense 2018, números mostram desempenho fraco do Bruscão

Equipe teve pior aproveitamento dos últimos dez anos entre as temporadas em que não foi rebaixado

Com fechamento do Catarinense 2018, números mostram desempenho fraco do Bruscão

Equipe teve pior aproveitamento dos últimos dez anos entre as temporadas em que não foi rebaixado

Desde que voltou à elite do Campeonato Catarinense, em 2016, este foi o pior ano do Brusque na competição. Com o fechamento da primeira fase do estadual, os números comprovam que, dos últimos dez anos – com exceção às temporadas em que o clube caiu para a segunda divisão – 2018 foi o ano em que o time fez a menor pontuação e teve o pior aproveitamento.

Nem mesmo o Augusto Bauer, sempre usado como uma armadilha para as equipes adversárias, foi bem aproveitado. Foram apenas duas vitórias em nove jogos, com três derrotas e quatro empates. Os mesmos números se repetiram na campanha fora de casa: duas vitórias, três derrotas e quatro empates.

Os apenas quatro triunfos em 18 jogos, somados a um grande volume de empates (oito ao todo) renderam ao Brusque um aproveitamento de 37%, além da sétima posição no campeonato que contou com a participação de dez clubes. A equipe encerrou o campeonato com uma amarga sequência de sete jogos sem vencer.

Se comparado com o ano imediatamente anterior, os números têm um peso ainda mais negativo. O quadricolor teve, em 2017, nove vitórias, dois empates e sete derrotas, com um aproveitamento 20% maior (57,4%), encerrando a competição na quarta posição.

Em termos de gols, o Bruscão também ficou devendo, literalmente. Foram 20 gols marcados e 23 sofridos, com saldo negativo de três. Quem mais balançou as redes foi Rafinha, que marcou quatro vezes, bem distante de 2017, quando o quadricolor emplacou o artilheiro da competição, o atacante Jonatas Belusso com 11 gols.

Campanha geral
18 jogos
4 vitórias
8 empates
6 derrotas
37% de aproveitamento

Desempenho em casa
9 jogos
2 vitórias
4 empates
3 derrotas
37% de aproveitamento

Desempenho fora de casa
9 jogos
2 vitórias
4 empates
3 derrotas
37% de aproveitamento

Gols
20 gols feitos
23 gols sofridos
-3 saldo de gols

Cartões
Amarelos: 46
Vermelhos: 1

Artilheiros
4 gols: Rafinha
3 gols: Jean Dias
2 gols: Douglas Silva e Hélio Paraíba
1 gol: França, Luizinho, Cleyton, Neguete, Ronaell, Jefferson Renan, Safira e Edu

Melhor sequência
3 jogos sem perder
(Brusque 4×2 Concórdia; Brusque 2×1 Criciúma; Tubarão 0x0 Brusque)

Pior sequência
7 jogos sem vencer
(Brusque 1×1 Figueirense; Concórdia 1×1 Brusque; Criciúma 1×1 Brusque; Brusque 2×3 Tubarão; Brusque 2×2 Chapecoense; Avaí 0x0 Brusque e Brusque 1×1 Inter de Lages)

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio