Com foco no Mundial de Natação, Matheus Rheine participa de competição nacional

Atleta entra na piscina olímpica de São Paulo para o Open Circuito Brasil Loterias Caixa

Com foco no Mundial de Natação, Matheus Rheine participa de competição nacional

Atleta entra na piscina olímpica de São Paulo para o Open Circuito Brasil Loterias Caixa

O grande objetivo de Matheus Rheine em 2017 se aproxima, e a preparação do atleta envolve, inclusive, uma competição neste fim de semana. Visando o Mundial de Natação Paralímpica, que será realizado em Cidade do México (MEX), o brusquense simulará sua missão principal na 2ª fase nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa.

Na tarde de ontem, Rheine realizou atividades funcionais em sua fase de polimento, que antecipa as competições principais. Hoje pela manhã ele faz seu último treino antes de viajar a São Paulo à tarde, e retorna na próxima semana para seu último ciclo antes do Mundial. A competição em Cidade do México será entre os dias 20 e 25 de setembro.

Confiante

Divulgação

Em 2016, Rheine virou notícia nacional ao conquistar medalha de bronze nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro. Porém, segundo ele, neste ano ele se sente muito melhor, e os treinos vêm provando isso. “Nadei bem o Open, em abril, e me sinto bem. É um ano que estou sem tanta pressão, e percebo que está tudo fluindo melhor. Em 2016 eu não estava rendendo tanto quando gostaria, até baixei o meu tempo no Rio, mas esse ano eu tenho certeza que vou fazer ainda melhor”, completa.

No México, a altitude aguarda o atleta brusquense. Serão 2,5 mil metros acima do nível do mar. Rheine ainda não sabe se fará um treino de adaptação, que seria importantíssimo. “O que mais prejudica é a resistência. Mas eu sou movido a desafios grandes. Quando entro na piscina é sempre para dar o meu melhor. Eu não estou me preocupando com isso não, vou lá e vou nadar”, diz.

Embora a natação seja uma modalidade um tanto solitária, Rheine explica que, sozinho, não seria capaz de ir tão longe. Isso porque por trás do atleta estão técnicos competentes. Leonardo Ristow, que acompanha o nadador desde 2012, deu lugar nas últimas semanas para Leandro Júlio. “O Leandro ficou muito empolgado e está realizando um excelente trabalho, junto com o Rogério Branco que está comigo desde 2006”, explica.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio