Com o frio, vendas no Dia das Mães em Brusque supera 2015

Pesquisa realiza pela CDL indica que algumas empresas tiveram aumento de até 20%

Com o frio, vendas no Dia das Mães em Brusque supera 2015

Pesquisa realiza pela CDL indica que algumas empresas tiveram aumento de até 20%

As vendas do comércio brusquense no Dia das Mães deste ano foram superiores a 2015. Pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) aponta que de 22 empresas associadas à entidade, 14 tiveram crescimento em relação ao ano passado – algumas em até 20%. Ainda segundo levantamento, sete obtiveram números iguais a 2015 e apenas uma teve resultado inferior.

A vinda do frio mais cedo é considerado fator importante para o desempenho. O presidente da CDL, Michel Belli, diz que o Sábado Fácil, quando as lojas ficam abertas em horário estendido, das 8h às 17h, a divulgação da mídia e a paralisação da obra de macrodrenagem do Centro na semana, também contribuíram para o incremento das vendas.

“O brasileiro tem o hábito de fazer as compras na última hora e o horário estendido ajudou. Além disso, fizemos um acordo com o prefeito para que neste período importante para os comerciantes a obra fosse interrompida e foi cumprido”, afirma.

A pesquisa revela ainda que 70% dos clientes optaram em realizar o pagamento no crediário e no cartão, contradizendo o levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Apontava-se que as compras deveriam ser feitas à vista devido à incerteza econômica do consumidor. “É o reflexo da nossa cidade, que é mais tradicional. Os clientes, na sua maioria, já são conhecidos, são fiéis, por isso acabam optando em parcelar a sua compra. É uma particularidade de Brusque, que não ocorre em grandes centros, por exemplo”.

Lojistas satisfeitos

Eliana Bambinetti, proprietária da loja Eliana, diz que teve um crescimento de cerca de 40% neste em ano em relação a 2015. O frio foi o fator principal para o resultado. Ela conta que os clientes optaram em presentear as mães com casacos e botas – produtos de maior valor, diferentemente do ano passado, quando ofereciam blusas de meia estação, com preços menores.

O gerente da Cia do Pé Calçados, Felipe Ristow, afirma que o aumento foi considerável devido ao frio e a defasagem nas vendas em março e abril. Ele ainda diz que o volume de compras foi variável, porém, constante.

O proprietário da Zendron Multimarcas, José Antônio Zendron, afirma que a loja conseguiu manter o faturamento do ano passado. Ele acredita que até então as pessoas se seguraram para não gastar por causa da incerteza econômica e agora estão mais otimistas e, consequentemente, comprando mais.

A gerente da Mabelle Cosméticos, Raquel Becker, afirma também que as suas lojas tiveram um incremento de 20% a mais do que em 2015, principalmente no sábado antes do Dia das Mães. Ela considera que a empresa oferece um presente alternativo, viável para quem quer gastar mais ou menos. “É uma opção diferenciada e a data é a segunda mais importante do ano para o comércio”.


Pesquisa

A CDL de Brusque fez uma pesquisa com 12 lojas associadas que tem seus estabelecimentos na avenida Cônsul Carlos Renaux, no Centro, e outras dez que estão localizadas em outros pontos: duas na rua Rodrigues Alves, também no Centro; duas na rodovia Antônio Heil; duas no Cedro; duas no Dom Joaquim e duas no Águas Claras. O levantamento foi feito por telefone, entre 9 e 11 de maio.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio