Conclusão de estudos sobre áreas de risco em Brusque é apresentado

Dados servirão de embasamento para o planejamento de ações de contenção ou correção nas áreas analisadas

Conclusão de estudos sobre áreas de risco em Brusque é apresentado

Dados servirão de embasamento para o planejamento de ações de contenção ou correção nas áreas analisadas

Durante a manhã desta terça-feira, 10 de setembro, os profissionais da Defesa Civil de Brusque receberam os técnicos da empresa Pangea, para a apresentação da conclusão dos trabalhos de mapeamento detalhado de 46 áreas de risco contidas no município. A ação, que teve início a cerca de seis meses, culminou com um relatório detalhado das atividades de mitigação e prevenção dos impactos de desastres naturais nas referidas áreas, bem como continha as sugestões de ações de melhoria para as áreas e os custos aproximados.
 
O ato, que contou com a presença do diretor de análises técnicas do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres, do Ministério da Integração Nacional, Getúlio Ezequiel da Costa Peixoto Filho, foi acompanhado por secretários municipais e servidores das áreas de planejamento, obras e Defesa Civil, em sua grande maioria, áreas afins quando o assunto aborda desastres naturais.
 
As conclusões do estudo servirão de embasamento para o planejamento de ações de contenção ou correção nas áreas analisadas.
 
Brusque foi uma das 821 cidades brasileiras contemplada pelo governo federal com o estudo, em função das catástrofes climáticas já sofridas no Vale do Itajaí, especialmente após 2008.
 
Durante o ato, o diretor geral da Defesa Civil de Brusque, Evandro de Mello do Amaral, fez uma breve apresentação da ferramenta que está sendo montada pelo órgão contendo todas as informações relevantes para a atuação da Defesa Civil, como áreas de risco mapeadas, áreas interditadas, residências vistoriadas, localização e endereço de abrigos para as situações necessárias, posicionamento de pluviômetros entre muitos outros dados. Futuramente, na opinião do diretor, a ferramenta poderá ser disponibilizada ao público em algum plataforma virtual pois são informações importantes para a prevenção em casos de eventos adversos que possam acontecer no município.
 
A iniciativa foi elogiada pelo técnico do Ministério da Integração nacional e pelo profissionais da empresa Pangea, que destacaram a importância da multissetorialidade envolvida e a qualidade das informações que Brusque já dispunha para as ações de Defesa Civil, demonstrando a sensibilidade do Governo Municipal com a causa.


Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Brusque


> Confira mais informações na edição do Jornal Município Dia a Dia desta quarta-feira, 11 de setembro

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio