Conheça o aluno da Escola Ivo Silveira que encontrou R$ 400 e devolveu à dona

Renan Caio Cruz dos Santos tem 10 anos e lembrou do conselho da mãe quando se deparou com a situação

Conheça o aluno da Escola Ivo Silveira que encontrou R$ 400 e devolveu à dona

Renan Caio Cruz dos Santos tem 10 anos e lembrou do conselho da mãe quando se deparou com a situação

O pequeno Renan Caio Cruz dos Santos, 10 anos, deu um verdadeiro exemplo na terça-feira, 19. Ao chegar na Escola de Ensino Básico Governador Ivo Silveira, no Águas Claras, ele encontrou no bicicletário um maço de dinheiro caído no chão.

Ao se deparar com a situação, o menino, que estuda na 5ª série, pegou os R$ 400 e perguntou ao irmão mais velho, Juan, de 14 anos, o que fazer com o dinheiro. O irmão o aconselhou a entregar na secretaria da escola. “Eu entreguei o dinheiro para a diretora”, disse.

Veja também:
Gol contra antológico de Valdir Appel faz 50 anos em 2019

Professor de Brusque é o primeiro da região Sul a fazer parte de comunidade reconhecida pela Lego

Profissionais da região de Brusque explicam como funciona o processo de coaching

A diretora Bibiana Cilena de Simas guardou o dinheiro, pois acreditava que logo o dono da quantia viria a sua procura. Passado pouco mais de meia hora, a gerente de vendas Tatiane Lucas de Oliveira entrou em contato com a escola perguntando se ninguém havia encontrado o dinheiro.

Dinheiro estava caído próximo às bicicletas | Foto: Bárbara Sales

Bibiana informou que um aluno achou e devolveu na secretaria. Tatiane foi até a escola e fez questão de conhecer Renan. “Eu fiquei muito surpresa por ele só ter 10 anos. Tem tanta coisa de ruim acontecendo com as crianças hoje em dia e ele teve esse gesto tão bonito”, diz.

Tatiane conversou com o menino e ofereceu R$ 50 como forma de recompensá-lo pelo gesto. No começo, Renan não quis aceitar o presente, mas de tanto Tatiane insistir, acabou aceitando. “Ele estava muito preocupado de como ia explicar o dinheiro em casa. Falamos que conversaríamos com a mãe dele e aí ele aceitou”, conta.

Renan diz que a mãe sempre aconselhou ele e o irmão a nunca ficarem com nada que não é deles. Foi do conselho da mãe que o menino lembrou quando encontrou o dinheiro. “Minha mãe falou que ficou muito feliz comigo e com meu irmão”, diz o menino, orgulhoso.

Veja também:
Professora de São João Batista adapta atividades para aluno cadeirante participar da Educação Física

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Polícia Federal vai assumir investigação sobre assalto no Quero-Quero

O pequeno estudante é natural de São Paulo e está há pouco tempo morando com a família em Brusque. Tatiane, que por um momento pensou que o dinheiro nunca seria recuperado, respirou aliviada.

“Meu irmão foi levar minha filha na escola e como ele passaria pela Lotérica, entreguei para ele o dinheiro para pagar uma conta. Assim que chegou na Lotérica ele percebeu que tinha perdido o dinheiro, ele refez o caminho, mas não encontrou. Foi aí que tive a ideia de ligar para a escola. Fiquei muito feliz por recuperar o dinheiro, mas ainda mais por ele ter sido encontrado por uma criança”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio