Conteúdo exclusivo para assinantes

Conheça o caminho do Bruscão na luta pelo tetra da Copa Santa Catarina

Competição contará também com Inter de Lages, Tubarão e Joinville; veja a fórmula

Conheça o caminho do Bruscão na luta pelo tetra da Copa Santa Catarina

Competição contará também com Inter de Lages, Tubarão e Joinville; veja a fórmula

Depois dos títulos de 1992, 2008 e 2010, enfim o Bruscão terá a chance de erguer o quarto caneco da Copa Santa Catarina e assim ficar, ao lado de Joinville, entre os maiores campeões da competição. Para isso, no entanto, terá três adversários pela frente, inclusive o JEC, dono de quatro títulos e o segundo adversário do quadricolor na competição.

Com apenas quatro participantes, a competição será tiro curto – e poderia ser ainda mais, não fosse uma paralisação programada para o fim de semana de Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), já que o estádio lageano Vidal Ramos Júnior será sede do atletismo e do futebol de campo. Em apenas um mês e meio, já será conhecido o campeão e também dono da vaga para a Copa do Brasil 2018.

Inter de Lages
Confrontos: 8/10 (Lages); 12/11 (Brusque)

A maior incógnita da Copa Santa Catarina vem do único representante da região da Serra Catarinense. O Inter de Lages traz nomes pouco conhecidos para participar da competição, e ainda conta com um treinador interino, Fernando Lessa, para comandar o elenco. Até o início da semana de estreia, a equipe não contava com muitos atletas em seu plantel.

O elenco colorado tem uma média de idade muito baixa, cerca de 22 anos. Um dos mais reconhecidos e também cobrados será o zagueiro Maurício, que chega de empréstimo do Avaí para reforçar o grupo do Leão Baio. A cabeça pensante do elenco será o meia Mateus Arence, também de 22 anos, conhecido da torcida lageana, e o centroavante Max será a esperança de gols.

O time titular deve ser: Fabian Volpi; Lourenço, Fernando Belém, Tainan e Jeferson; Bruno Sena, Giovani, Mateus Arence e Jeferson Lima; Luizinho e Max.

Joinville
Confrontos: 12/10 (Brusque); 19/11 (Joinville)

Apesar do forte nome de uma equipe que esteve há apenas dois anos na Série A do Campeonato Brasileiro, o Joinville vem de um desmonte de elenco. Nada menos do que 12 jogadores foram dispensados após o término e a desclassificação na Série C, sendo que até o técnico Pingo foi demitido.

O comandante Rogério Zimmermann terá a função de reanimar o clube e colocá-lo de volta aos trilhos, conquistando também a confiança do torcedor. A equipe titular do tricolor na competição deve contar com: Matheus; Buiú, Alisson, Coltro e Gustavo; Roberto, Kadu, Marlyson, Thiago Alagoano e Breno; Grampola.

Tubarão
Confrontos: 22/10 (Tubarão); 29/10 (Brusque)

O Tubarão é, sem dúvidas, o time que melhor se preparou para a Copa Santa Catarina. Na semana de apresentação do Brusque, o elenco do clube do Sul já havia realizado um jogo-treino, mostrando planejamento. A maior parte do elenco é remanescente do Campeonato Catarinense e volta de empréstimos do clube – exemplos são o zagueiro Lucas Costa e o lateral Marcos Vinicius, que defenderam as quatro cores do Brusque na Série D do Campeonato Brasileiro.

O clube também se reforçou com nomes conhecidos do futebol catarinense, como o volante Parrudo e o goleiro Neto Volpi, ambos ex-Inter de Lages. Na segunda semana de setembro, o elenco chegou a derrotar o Criciúma em jogo-treino pelo placar de 3 a 1. A base titular do elenco conta com: Neto Volpi; Marcos Vinícius, Jailton, Lucas Costa e Borges; Liel, Parrudo, Leandro Canhoto, Everton Jr. e Diego Higino; Luan.

Fórmula da competição
A fórmula da Copa Santa Catarina é das mais simples possíveis. As quatro equipes disputam entre si em jogos de ida e volta. Os dois primeiros colocados disputarão a grande final, e os dois times que acumularem menos pontos estão eliminados. A decisão será realizada em dois jogos e o time que terminou na liderança faz o jogo final em casa.

Não há critério de gols fora, mas há gol acumulado: se uma equipe vencer o primeiro jogo por 2 a 0 e o adversário vencer por 1 a 0 o segundo jogo, é campeão a que marcou mais gols. No caso de igualdade de empates ou duas vitórias sem um time com mais gols, haverá penalidades.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio