Conheça a preparação do Brusque, os adversários e a fórmula da Copa Santa Catarina

Bruscão faz últimos ajustes antes da estreia na Copinha, diante do Barroso

Conheça a preparação do Brusque, os adversários e a fórmula da Copa Santa Catarina

Bruscão faz últimos ajustes antes da estreia na Copinha, diante do Barroso

A Copa Santa Catarina retorna neste fim de semana, muito mais competitiva do que em 2017. Agora contando com 12 clubes que pleiteiam o título, sendo que o campeão conquista também uma vaga para a Copa do Brasil 2019, a competição será muito mais desafiadora ao Bruscão, atual vice-campeão.

A estreia do quadricolor, que conta com três títulos da Copinha na sua história e busca o tetracampeonato, será neste domingo, 16. O adversário da primeira partida será o Almirante Barroso, de Itajaí, no estádio Augusto Bauer. Na sequência, o Bruscão encara mais quatro adversários em jogos de ida e volta nesta primeira fase, que é de pontos corridos, antes de avançar para as semifinais.

Veja também:
Número de eleitores na região de Brusque cai pela primeira vez desde 2000

Morre Orlando Muller, o Pipoca, um dos fundadores dos Jasc

Tribunal de Justiça nega recurso e acusado de homicídio irá a júri popular em Brusque

O elenco do Brusque realizou na tarde desta quinta-feira, 13, um coletivo que apontou a escalação do time sob a ótica de Pingo. Nesta sexta-feira, 14, o time completa um ciclo de cinco semanas de treinamento, e o trabalho com os atletas que voltaram emprestados de outros clubes também já unificou o grupo, de acordo com a comissão técnica.

A única baixa do time é a do centroavante Lima, autor de seis gols na Série D. O atleta decidiu não voltar para o clube com o qual tinha contrato, e a rescisão se deu de forma amigável. Lima é agora atleta do Hercílio Luz, que também disputa a Copinha, no Grupo A.

Preparados
O técnico Pingo tem plena confiança no grupo que está fechado para estrear contra o Barroso. Conforme explica, embora muitos atletas tenham se apresentado durante a preparação, encontrou-se um equilíbrio. “O grupo está homogêneo. Todos se cuidaram bastante, vieram dentro do peso e inclusive chegam melhor em condições físicas agora do que encerraram a Série D”.

O quadricolor não perdeu nenhum dos quatro jogos-treino que realizou durante o trabalho visando a Copa Santa Catarina. Foi um empate com Itajaí (0 a 0) e três vitórias diante de Curitibanos (5 a 0), Blumenau (3 a 0) e Figueirense (3 a 1). Nas últimas duas semanas, Pingo começou o trabalho tático e técnico, sendo que fez um coletivo no estádio Augusto Bauer para acostumar os atletas ao gramado, em mau estado de conservação.

Segundo o técnico, o adversário tentará dificultar este primeiro passo do Bruscão rumo à classificação. “O Barroso é uma equipe que deve vir com proposta defensiva. Conta com bons jogadores e tem um ótimo treinador, que conhece o futebol catarinense. Mas mesmo dentro dessas dificuldades acredito na vitória e nos três pontos”.

Mesmo antes de estrear, três jogadores do plantel quadricolor não estarão à disposição nas primeiras partidas. Com lesões causadas durante a preparação, o volante Ruan, o meia Matheus e o atacante Weverton são cartas fora do baralho para a estreia e, pelo menos, mais duas rodadas.

Segundo George Castilhos, preparador físico, as situações foram isoladas. “Eles sofreram traumas durante o treinamento, que são coisas que não podem ser premeditadas ou precavidas, acontecem, como torsões. Eles seguem no departamento médico até a próxima segunda-feira, quando faremos uma nova avaliação”.

A equipe apontada com titular do Brusque pelo coletivo contou com: Dida; Edilson, Ianson, Neguete e China; Mineiro, Zé Mateus, Luiz Beltrame e Eliomar; Jefferson Renan e Hélio Paraíba.

Fórmula da Copa Santa Catarina
A Copa Santa Catarina é disputada por 12 clubes, divididos na primeira fase em dois grupos de seis times cada. Além do Grupo B, com Brusque e seus adversários, o Grupo A conta com Figueirense, Joinville, Metropolitano, Hercílio Luz, Blumenau e Fluminense de Joinville.

As equipes jogam partidas de ida e volta, tentando acumular pontos para ficar entre as duas primeiras posições e assim avançar às semifinais. Nesta etapa as equipes jogam confronto eliminatório em partida de ida e volta. A final também conta com ida e volta.

Confira a partida em tempo real
A partida entre Brusque e Barroso, que marca estreia do quadricolor na Copa Santa Catarina, terá cobertura em tempo real pela internet. Para acompanhar todos os lances, basta acessar omunicipio.com.br. A cobertura começa a partir das 15h.

Conheça os adversários do Brusque na primeira fase da competição

 

Almirante Barroso (jogo de ida 16/09; volta 28/10)

Ilustrações: Ed Carlos
Ilustrações: Ed Carlos

Vindo de uma campanha com altos e baixos dentro do Catarinense Série B, o Barroso tenta representar a cidade de Itajaí com honra, embora seja apontado como um dos azarões dentro do grupo. Dois atletas do Brusque foram emprestados ao alviverde durante o estadual, o zagueiro Cleyton e o atacante Jefferson Renan, e desfalcam o clube, que conta com o atacante Brasão como destaque.

O principal objetivo do Almirante é movimentar o futebol profissional e chamar atenção de investidores para tentar, em 2019, formar uma equipe competitiva para disputar a Série B estadual. O time base conta com: Henrique; Jackson, Jonatan, Gustavo Campos e Paulo Meneses; Gabriel Mendes, Jean, Diego e Jairo; André Luiz e Brasão. O técnico é Renê Marques.

Operário de Mafra (jogo de ida 23/09; volta 24/10)


O adversário mais frágil do Bruscão na Copa Santa Catarina vem do Norte do estado. A equipe, que representa Mafra mas joga em Itaiópolis, foi rebaixada nesta edição do Campeonato Catarinense Série B, e disputa a terceira divisão estadual em 2019.

O clube, inclusive, está sem patrocinadores para disputar a competição. Edmar Heiler, que era presidente e técnico do Operário, anunciou sua saída em agosto. Recentemente a página oficial do alvinegro no Facebook fez uma publicação pedindo por apoiadores e investidores para dar sequência à Copa Santa Catarina. A equipe base deverá contar com: Willian; Felipe, Kaio Oliveira, Rodrigo Paganelli e Baloi; Guaxi, Robert William, Léo Taiva e Cainan; Rodrigo Andrade e Tiago Santos.

Marcílio Dias (jogo de ida: 26/09; volta: 21/10)


Uma das equipes mais motivadas para avançar e buscar o título é o Marcílio Dias. O Marinheiro, que conquistou nesse ano o acesso para o Catarinense Série A 2019, completará no próximo ano o seu centenário. Agora é um projeto grande dentro do clube buscar também, logo na temporada em que completa 100 anos, disputar a Copa do Brasil e presentear a torcida com a participação em uma grande competição nacional.

O time, no entanto, teve a perda do técnico Waguinho Dias, que não entrou em acordo com o Marinheiro para continuidade do trabalho. A princípio, Teco, que era auxiliar, é o treinador do time. Jogadores experientes, como os atacantes Schwenck e Sabiá, permaneceram. A equipe base será: Christofer; Bruno Santos, Igor Brondani, Rogelio e Léo Rigo; Daniel de Oliveira, Arthur Feitoza, Abner e Léo Avila; Schwenck e Sabiá.

Inter de Lages (jogo de ida: 30/09; volta: 14/10)


O ano não foi bom para o Inter de Lages, que caiu para a segunda divisão do campeonato estadual e também não foi longe no Brasileirão Série D. Com dificuldade orçamentária, o clube chegou a fazer uma série de reuniões com entidades empresariais da cidade para buscar um melhor planejamento e apoiadores.

Veja também:
Prefeitura de Brusque é condenada a indenizar morador que caiu de ponte pênsil 

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Mulher é encontrada morta em rua de Indaial

O técnico Fernando Lessa, que comandava o Sub-20, foi anunciado como comandante do elenco profissional para a Copinha. O elenco é formado por jogadores pouco conhecidos do cenário estadual. Os titulares, pelo menos no início da competição, contam com: Vandré; Desailly, Baggio, Nuno e Higor Ganso; Bruno Sena, Jullen Sandy, Marcos Paraná e Dudu; Alessandro e Thiago Alagoano.

Tubarão (jogo de ida: 5/10; volta: 10/10)
Atual campeão da Copinha, justamente pra cima do Brusque, o Tubarão deverá ser a maior pedra no sapato do quadricolor nesta primeira fase. A equipe vem forte para buscar sua segundo participação consecutiva na Copa do Brasil, que também seria a segunda vez na história que o clube participaria da competição nacional.

Além disso, o Peixe se tornou um algoz recente, já que além da Copa conquistada diante do time ainda eliminou o Bruscão no Brasileirão Série D. A grande novidade do tricolor é a contratação do atacante Edno, ex-Botafogo e Corinthians. A equipe base é: Ramon; Grafite, Jailton, Jorge Miguel e Tsunami; Daniel Pereira, Felipe Guedes e Romarinho; Everton Júnior, Edno e Fio.