Conselheiro nacional de saúde, Júlio Gevaerd, critica implantação da UPA

Além de justificar os contras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em construção no bairro Santa Terezinha, Gevaerd fala de outros propostas do Conselho Nacional de Saúde (CNS)

Conselheiro nacional de saúde, Júlio Gevaerd, critica implantação da UPA

Além de justificar os contras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em construção no bairro Santa Terezinha, Gevaerd fala de outros propostas do Conselho Nacional de Saúde (CNS)

Júlio Gevaerd critica a implantação da Unidade de Pronto Atendimento – Crédito: Sarita Gianesini
Júlio Atanásio Gevaerd atua há quase três anos no Conselho Nacional de Saúde, como 2º suplente representando os trabalhadores do movimento sindical. Depois da gestão de dois anos como vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde, o Comusa, agora age como conselheiro e, mesmo filiado ao PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), garante que seu envolvimento é apenas como representante do movimento sindical. 
Em entrevista ao Jornal Município Dia a Dia, Gevaerd falou sobre o funcionamento do Conselho Nacional de Saúde (CNS), a defasagem da Tabela SUS e criticou a implantação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que está sendo erguida no bairro Santa Terezinha. 
**Confira as opiniões do conselheiro nacional de saúde na edição de amanhã do MDD. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio