Corinthians volta a vencer Universidad (CHI) e classifica na Sul-Americana

Depois de vencer na Arena Corinthians por 2 a 0, Timão aplicou 2 a 1 em solo chileno

Corinthians volta a vencer Universidad (CHI) e classifica na Sul-Americana

Depois de vencer na Arena Corinthians por 2 a 0, Timão aplicou 2 a 1 em solo chileno

 

Jogando melhor fora de casa, o Corinthians voltou a vencer o Universidad (CHI), dessa vez pelo placar de 2 a 1, e garantiu com tranquilidade sua classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana. No primeiro duelo o time já havia vencido por 2 a 0.

O próximo adversário das equipes que se classificaram ainda está indefinido. Serão conhecidos apenas após sorteio da Conmebol, quando todos os times participantes tiverem finalizado o segundo jogo da primeira etapa.

Sem pressão
O Timão não se intimidou em terras chilenas e jogou de igual para igual com o adversário mesmo com a vantagem nas mãos. A coragem foi presenteada com gol ainda na etapa inicial. Aos 36 minutos, Cássio lançou bola para o ataque, Rodriguinho fez fila e marcou um golaço.

A situação ficou ainda mais tranquila quando Jadson, aos 10 minutos do segundo tempo, com grande participação de Jô, fez o segundo gol corintiano. Rodriguinho chutou bola que sobrou para o atacante, o camisa 9 serviu o meia que colocou ela lá dentro. Aos 19 minutos, La U chegou a diminuir o placar com Felipe Mora, mas os adversários tiveram dois atletas expulsos após confusão no fim da partida e, com isso, ficou fácil segurar a vitória até o fim.

Liverpool (URU) 1×0 Fluminense
O Fluminense jogou com o regulamento embaixo do braço e classificou mesmo após derrota. Isso aconteceu porque o tricolor venceu o Liverpool por 2 a 0 no primeiro jogo e, portanto, no placar agregado, deu Flu. O time teve uma atuação ruim em terras uruguaias e só passou a assustar no segundo tempo, depois de um primeiro tempo com muito sufoco – e o gol de Martinez após cruzamento de Royón. Agora o Flu aguarda para conhecer o próximo adversário.

Nacional (PAR) 2 (3)x(2) 1 Cruzeiro
O Cruzeiro foi eliminado pelo Nacional na primeira fase da Copa Sul-Americana. Depois de vencer em casa pelo placar de 2 a 1, a Raposa sofreu no Paraguai o mesmo placar e foi eliminado nos pênaltis. Após uma sequência de cobranças equilibradas as equipes foram para os chutes alternados, e Fabrício e Arrascaeta desperdiçaram para o Cruzeiro, ocasionando a desclassificação da equipe mineira.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio