Corregedoria suspende atendimento do Ofício de Registro de Imóveis de Brusque

Segundo comunicado, suspensão é resultado de procedimento administrativo

Corregedoria suspende atendimento do Ofício de Registro de Imóveis de Brusque

Segundo comunicado, suspensão é resultado de procedimento administrativo

Por determinação da juíza Camila Coelho, diretora do Fórum de Brusque, o Ofício de Registro de Imóveis de Brusque não terá atendimento ao público entre os dias 21 e 23, ou seja, até sexta-feira desta semana.

Quem foi ao cartório encontrou um comunicado na porta informando do fechamento. A juíza diretora do fórum explica, na portaria, que a suspensão de três dias no atendimento tem como objetivo realizar a transmissão do acervo do registro de imóveis da comarca.

Ainda segundo o comunicado afixado, a determinação da juíza embasou-se em portaria assinada pelo corregedor-geral do Foro Extrajudicial do estado, o desembargador Roberto Lucas Pacheco.

O comunicado informa também que existe um procedimento administrativo disciplinar acerca do registro de imóveis do município. Não há informação sobre o motivo deste procedimento.

O Município esteve no local duas vezes na tarde desta quarta-feira, porém, não obteve respostas. Apenas foi informado de que a corregedoria estava no local e que somente o juiz corregedor poderia comentar.

Foi tentado contato com pessoas do cartório, que não comentaram o caso. Enquanto a reportagem esteve no local, um homem trocava as fechaduras do cartório.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), foi determinado o afastamento cautelar do titular do cartório. Ele continua a ser o proprietário, mas está afastado. O motivo não foi informado.

Um substituto será nomeado pela Justiça. O nome dele será divulgado em breve.